Selby e Murphy hoje pelas ‘meias’ da Champions n’A BOLA TV

Snooker 17-11-2021 04:50
Por António Barroso

O inglês Mark Selby, de 38 anos, número um do ‘ranking’ tetracampeão mundial (2014, 2016, 2017 e 2021) e número um do ‘ranking’, estreia-se esta quarta-feira (13 horas) diante do compatriota David Gilbert na Champion of Champions 2021, prova reservada à elite do snooker, a decorrer até domingo no Estádio da Universidade de Bolton (Inglaterra), e que A BOLA TV transmite em exclusivo para Portugal até domingo, dia 21 do corrente mês.

 

Mark ‘The Shark’ (o tubarão) Selby medirá forças, no encontro de abertura do Grupo 2, com o compatriota Gilbert, de 40 anos, 22.º da hierarquia, num jogo à melhor de sete possíveis ‘frames’, com o primeiro a vencer quatro (de 4-0 a possíveis 4-3) a avançar para a final do agrupamento, na sessão noturna.

 

Logo após o final do encontro de Selby e Gilbert, o cardápio traz-nos um terceiro inglês e campeão mundial em 2005 - e atual vice-campeão mundial - Shaun Murphy, de 39 anos e 6.º do ‘ranking’, ante o vencedor do Masters, em janeiro do corrente ano: o chinês Yan Bingtao, de 21 anos, 12.º da hierarquia do planeta nesta variante do bilhar, cujo ‘top 10’ compareceu na íntegra nesta prova que A BOLA TV transmite em exclusivo para Portugal.

 

 

Os vencedores dos jogos da tarde desta quarta-feira reencontram-se à noite, então já num duelo à melhor de 11 parciais - até um vencer seis parciais (de 6-0 a possíveis 6-5) - para garantir a primeira vaga na segunda das meias-finais, na noite de sábado.

 

E a possibilidade de reedição do duelo da final do Mundial do corrente ano – em que Mark Selby bateu Shaun Murphy, por 18-15 - cria expectativa e água na boca para o no dia em que mais estes dois campeões mundiais entram na liça, dos oito que constavam do elenco de 16 ases do pano verde quando a prova se iniciou, na segunda-feira, dia 15.

 

Kyren consistente marca encontro com Judd na ‘meia’ de sexta-feira

 

Quanto aos protagonistas da primeira meia-final da ‘Champ of Champs’, ficaram definidos na sessão noturna de terça-feira. O inglês Judd Trump, de 32 anos, número dois da hierarquia e campeão mundial em 2019, já vencera, segunda-feira, o Grupo 1 (6-0 a Ryan Day na final, após 4-1 a David Lilley nas ‘meias’) e esperava o desenlace do Grupo 4 para conhecer senhor que se segue, dia 19.

 

Será o compatriota Kyren Wilson, de 29 anos, quinto do ‘ranking’ mundial, que começou por vencer nas meias-finais do Grupo 4, na tarde de terça-feira, o norte-irlandês Jordan Brown, por 4-2. Já depois de o australiano Neil Robertson, de 39 anos, número quatro da tabela e campeão mundial em 2010, ter atirado borda fora da competição o nono da hierarquia e tricampeão mundial (2000, 2003 e 2018) galês, Mark Williams, ao vencer por 4-2, na outra meia-final do Grupo 4, e num jogo em que ‘Robbo’ assinou a 800.ª entrada centenária (de 100 ou mais pontos) da sua carreira – precisamente 100 pontos, no quarto parcial, então a selar o 3-1.

 

Mas na sessão noturna foi Kyren ‘The Warrior’ (o ‘guerreiro’) Wilson a falar mais alto e a suplantar Neil Robertson, por 6-4. Um duelo em que o australiano entrou melhor (1-0) mas viu o inglês reagir e, com duas entradas centenárias, nos terceiro e quarto parciais (114 e 112 pontos, respetivamente) para chegar ao intervalo a vencer por 3-1

 

A reação de Robertson veio no recomeço: centenária, a sua 801.ª da carreira – é apenas o quarto jogador da história a suplantar este marco, após Ronnie O’Sullivan, John Higgins e Judd Trump – logo no quinto parcial (107 pontos, terceira centenária seguida no jogo), a encostar a 2-3… e foi por ali fora, com Wilson a quebrar e o australiano, com três de rajada, a regressar à liderança a 4-3.

 

Na reta final, Neil claudicou e provou do seu próprio veneno: três ‘frames’ de rajada de Wilson, numa espetacular reviravolta, de 3-4 para vencer por 6-4, fechada com chave de ouro: a quarta entrada centenária do duelo, e sua terceira da noite (113 pontos) para selar a vitória por 6-4 e avançar para… Judd Trump, na primeira das ‘meias’, sexta-feira (19 horas), também jogadas à melhor de 11 ‘frames’, até um vencer seis deles (de 6-0 a possíveis 6-5).

Tudo para ver em exclusivo para Portugal n’A BOLA TV: narração de António Barroso e, nesta quarta-feira, com comentários do jogador Diogo Badalo (Académica e Seleção) na sessão da tarde, e do treinador Filipe Ruivo (Ericeira Snooker) à noite.

 

Quinta-feira estreiam-se Ronnie, Bingham, Higgins e Ding

 

Quinta-feira, a Snooker Champion of Champions 2021  irá trazer-nos o vice-campeão mundial de 2016, o chinês Ding Junhui, o escocês John Higgins (tetracampeão mundial, em 1998, 2007, 2009 e 2011) e dois ingleses que também já ergueram o ‘caneco’ mais apetecido no Crucible Theatre, em Sheffield (Inglaterra), palco do Campeonato do Mundo desde 1977: Stuart Bingham (campeão mundial em 2015) e o mais triunfador e vencedor de três das dez edições da Champion of Champions já disputadas previamente (em 2013, 2014 e 2018): o hexacampeão mundial (2001, 2004, 2008, 2012, 2013 e 2020) inglês Ronnie O’Sullivan, de 45 anos, terceiro da hierarquia.

 

O melhor snooker do planeta para ver n’A BOLA TV até domingo, oito campeões do mundo entre os 16 vencedores de provas, todo o top 10 mundial presente – 12 dos 13 primeiros, aliás, só o norte-irlandês Mark Allen, 11.º da hierarquia e triunfador do torneio em 2020 (10-6 a Neil Robertson na final) -, todos em busca do cheque de £150 mil (€175 mil euros) reservado ao campeão, para ver, numa prova não pontuável para o ‘ranking’, porque reservada aos vencedores de torneios nos 12 meses imediatamente anteriores, a génese e motivo da sua criação: está explicado o nome do torneio.

 

RESULTADOS DA CHAMPION OF CHAMPIONS

 

Grupo 1 (segunda-feira, apurado a negro):

Judd Trump-David Lilley, 4-1

Stephen Maguire-Ryan Day, 2-4

Judd Trump-Ryan Day, 6-0

 

Grupo 4 (terça-feira, apurado a negro):

Neil Robertson-Mark Williams, 4-2

Kyren Wilson-Jordan Brown, 4-2

Neil Robertson-Kyren Wilson, 4-6

 

GRUPO 2 (esta 4.ª feira, hora local e de Portugal continental):

Mark Selby-David Gilbert (13 horas)

Shaun Murphy-Yan Bingtao (14 horas)

Final: Vencedores dos jogos da tarde (19 horas)

 

GRUPO 3 (5.ª feira, dia 18):

Ronnie O’Sullivan-Stuart Bingham (13 horas)

John Higgins-Ding Junhui (14 horas)

Final: Vencedores dos jogos da tarde (19 horas)

 

MEIAS-FINAIS:

Judd Trump (Ing)-Kyren Wilson (6.ª feira, 19 horas)

Vencedor do Grupo 2-Vencedor do Grupo 3 (sábado, 19 horas)

 

FINAL: domingo, dia 21 (13 e 19 horas)

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias