António José Silva é candidato à presidência da LEN

Natação 16-11-2021 09:17
Por Miguel Candeias

A Federação Internacional de Natação (FINA) anulou a decisão votada pelo bureau da federação europeia, há cerca de uma semana, em suspender Portugal e a Croácia de todas as atividades - natação, polo aquático, artística e saltos para a água - por um ano.


«O comunicado não me surpreendeu. Aliás, estive presente na reunião onde o assunto foi discutido e os membros do Bureau da FINA de todos os continentes foram unânimes na anulação, com exceção de duas pessoas: o presidente da LEN, Paulo Barelli, e o seu secretário geral, David Sparkes. E este com reservas, pois referiu que não concordou com algumas das decisões, mas aceitou-as porque o Bureau da LEN o deliberara», declarou António José Silva, presidente da Federação Portuguesa de Natação, que, confirma ser candidato à presidência da Liga Europeia de Natação (LEN).  
 

«O presidente da FPN é candidato a presidente da LEN desde 5 de novembro. Aí se percebe a decisão política que existia na suspensão, devido à minha candidatura a presidente e do croata Josip Varvodic a vice-presidente. Havia o propósito de impedir tanto as candidaturas, como a votação destes países em sede de assembleia. Mas convém dizer que tal decisão não é minha, mas de todos os países envolvidos no movimento de marcação de novas eleições. Não sou candidato porque quero, mas por ter sido solicitado pelos restantes países», concluiu António José Silva.

 

Leia mais na edição impressa ou na edição digital de A BOLA 

 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias