Judd Trump abre ‘Champions’ segunda-feira n’A BOLA TV

Snooker 14-11-2021 18:29
Por António Barroso

Oito campeões mundiais entre os 16 jogadores – juntos, ganharam por 21 vezes nos últimos 24 anos o Campeonato do Mundo - e todo o top 10 do ranking mundial para ver à mesa é o cardápio de eleição a partir de segunda-feira para degustar n’A BOLA TV, que irá transmitir a Champion of Champions, prova da época 2021/22 da World Snooker não pontuável para o 'ranking 'reservada aos vencedores de torneios no último ano, e que vai decorrer até domingo, dia 21 do corrente mês, no Estádio da Universidade de Bolton, em Inglaterra.

 

Desde 1998: nos últimos 24 anos, só Stephen Hendry (1999), Peter Ebdon (2002) e Graeme Dott (2006) se intrometeram no caminho de oito dos intérpretes de eleição que poderá ver, todos eles já consagrados no Crucible, em direto n’A BOLA TV e em exclusivo para Portugal. 

 

O inglês Ronnie O’Sullivan, hexacampeão mundial (2001, 2004, 2008, 2012, 2013 e 2010), dois tetracampeões mundiais – o escocês John Higgins (1998, 2007, 2009 e 2011) e o inglês Mark Selby (2014, 2016, 2017 e 2021, além de número um do Mundo), o tricampeão mundial galês Mark Williams (2000, 2003 e 2018), o australiano Neil Robertson (2010) e os ingleses Stuart Bingham (2015), Shaun Murphy (2005) e Judd Trump (2019) dispensam apresentações.

 

Também sem precisarem de licença, os chineses Ding Junhui (vice-campeão mundial em 2016) e Yan Bingtao (vencedor do Masters, em janeiro). Todos os ases para ver em ação a partir de segunda-feira n’A BOLA TV.

 

Os 16 estão divididos em quatro grupos, com o Grupo 1 a iniciar a peleja na segunda-feira: duelo 100 por cento inglês de Judd Trump com o compatriota David Lilley (campeão mundial de seniores), a que se segue o embate do escocês Stephen Maguire com o galês Ryan Day.

 

Terça-feira, o Grupo 4 trará Neil Robertson, Mark Williams, Kyren Wilson (vice-campeão mundial 2020) e Jordan Brown (vencedor do Open de Gales 2021), enquanto Mark Selby, David Gilbert, Shaun Murphy e Yan Bingtao são o menu de quinta-feira (Grupo 2).

 

O mais ganhador na ‘Champ of Champs’, com três vitórias nas anteriores dez edições da prova (2013, 2014 e 2018) é Ronnie O’Sullivan, que se estreia na quinta-feira (Grupo 3), ante Stuart Bingham, enquanto John Higgins medirá forças com Ding Junhui. Tudo jogos apetecíveis, e os ases a poderem embolsar gorda maquia de £150 mil (€175 mil) em parcos quatro jogos numa semana de trabalho. Mas aos melhores pede-se que ganhem... aos melhores. É o que terão de fazer.

 

Esquema de disputa e prémios

 

A 11.ª edição do torneio, que irá decorrer de segunda-feira, dia 15 do corrente mês, a domingo, dia 21, distribui um total de £440 mil (€514 mil) em prémios, das quais ao sucessor do norte-irlandês Mark Allen como campeão – o norte-irlandês, que declinou participar e defender o seu cetro alegando «motivos pessoais», venceu por 10-6 o australiano Neil Robertson na final de 2020, jogada à porta fechada, em Milton Keynes (Inglaterra) – e £60 mil (€70 mil) ao finalista vencido.

 

Mas os 16 ‘eleitos’ para a ‘Champ of Champs’ já estão a ganhar em participar: vencer um dos quatro grupos e chegar às meias-finais da prova (sexta-feira e sábado), cujos 15 jogos A BOLA TV irá transmitir em exclusivo para Portugal, garante mínimo de £30 mil (€35 mil), perder a final do grupo ainda permite amealhar £17.500 (€20.400) e mesmo os terceiro e quarto colocados de cada agrupamento levam para casa um cheque de £12.500 (€14.600).

 

As meias-finais de cada grupo, nas sessões da tarde, são jogadas à melhor de sete possíveis parciais – até um vencer quatro ‘frames’ (de 4-0 a possíveis 4-3) – enquanto a final de cada um dos quatro grupos (segunda-feira a quinta-feira, 19 horas) e as meias-finais do torneio propriamente dito (sexta-feira e sábado, 19 horas) são disputadas à melhor de 11 possíveis ‘frames’: vence o primeiro a chegar a seis (de 6-0 a possíveis 6-5).

 

A grande final da Champion of Champions será no domingo, dia 21, dividida em duas sessões, às 13 e 19 horas, jogando-se nove ‘frames’ durante a tarde e até possíveis dez na sessão noturna: é campeão o primeiro a chegar a dez (de 10-0 a possíveis 10-9).

 

PROGRAMA DE JOGOS

 

Grupo 1 - 2.ª feira, dia 15 (hora local e de Portugal continental):

Judd Trump-David Lilley (13 horas)

Stephen Maguire-Ryan Day (14 h)

Final: vencedores dos jogos da tarde (19 horas)

 

Grupo 4 - 3.ª feira, dia 16:

Neil Robertson-Mark Williams (13 horas)

Kyren Wilson-Jordan Brown (14 horas)

Final: vencedores dos jogos da tarde (19 horas)

 

Grupo 2 - 4.ª feira, dia 17:

Mark Selby-David Gilbert (13 horas)

Shaun Murphy-Yan Bingtao (14 horas)

Final: Vencedores dos jogos da tarde (19 horas)

 

Grupo 3 - 5.ª feira, dia 18:

Ronnie O’Sullivan-Stuart Bingham (13 horas)

John Higgins-Ding Junhui (14 horas)

Final: Vencedores dos jogos da tarde (19 horas)

 

MEIAS-FINAIS:

Vencedor do Grupo 1-Vencedor do Grupo 4 (6.ª, 19 horas)

Vencedor do Grupo 2-Vencedor do Grupo 3 (sábado, 19 horas)

FINAL: domingo, dia 21 (13 e 19 horas)

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias