Renovação do protocolo com a SAD pode chegar até 2069

Portimonense 06-11-2021 13:15
Por Jorge Anjinho

Fernando Rocha, presidente do Portimonense Sporting Clube, e Rodiney Sampaio, presidente da Portimonense Futebol SAD, renovaram na manhã deste sábado o protocolo entre as duas instituições, que poderá ter um prazo de vigência, até 2069.

 

A construção de dois relvados sintéticos para a formação do clube algarvio, será o principal pilar do acordo, que será revisto, sempre que necessário.

 

«O Sr. Fernando Rocha é a pessoa responsável por ter trazido o investidor Theodoro Fonseca. Apresentou-lhe o projeto e é o que se vê, num investimento feito desde o início: hoje o Portimonense é um clube muito representativo em Portugal e no estrangeiro. E isso também tem a contribuição do presidente do clube e da sua administração.», começou por dizer Rodiney Sampaio.

 

Fernando Rocha mostrou felicidade neste «dia importante para a história do Portimonense», elogiando ainda Theodoro Fonseca, Rodiney Sampaio e a administração da SAD, que trouxeram «profissionalismo, competência e dedicação», tornando o Portimonense um clube «de dia para dia, cada vez mais moderno», e vendo-o no futuro, a trilhar outros patamares:  

 

«Em boa hora convenci o Sr. Theodoro Fonseca a investir no Portimonense, dizendo-lhe que poderia ser um grande clube a nível nacional e, quiçá, europeu – e vamos ver onde é que isto vai parar… - e também fui eu que convenci os sócios do Portimonense a acreditarem que era a pessoa certa para estar neste projeto. Hoje estamos aqui todos felizes, porque provamos que todos tínhamos razão e o que nos une no Portimonense é um clube com história e com muito futuro», elogiou.

 

«Fruto das boas relações que existem entre a SAD e clube, conseguimos chegar a um acordo em que a SAD vai construir para a formação do Portimonense, dois campos relvados sintéticos, no Major David Neto. Se o Portimonense hoje já é um bom exemplo na formação, isso faz com que tenhamos melhores condições e com esta aproximação que cada vez é maior entre o clube a SAD, vai fazer com que muitos miúdos da formação integrem as fileiras da equipa sub-23 e, se possível, da equipa principal. No fundo é um momento de grande alegria e que prova o que de bom se faz em Portugal e seremos um exemplo para todas as SAD’s», explicou Fernando Rocha, o objetivo do acordo agora assinado.

 

«É um grande investimento, que pode ir até aos 2 milhões de euros», acrescentou, revelando ainda que contempla uma «série de acertos, com grandes benefícios para o clube».  

 

O acordo agora assinado tem a validade de 28 anos, com mais 20 de renovação automática, que é o mesmo tempo da cedência dos espaços.

 

Fernando Rocha revelou ainda que este foi o seu último ato como presidente no atual mandato, tendo já pedido a marcação de eleições, contando com o apoio de Rodiney Sampaio e da SAD do clube algarvio.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias