Diogo Carvalho revoltado: «Fui desrespeitado!»

Natação 26-10-2021 08:56
Por Miguel Candeias

«Fiquei surpreso. Primeiro, como é que sai uma convocatória para o Campeonato da Europa só com dois nadadores, pois não se trata de uma taça do mundo ou de outra prova? Segundo, com o meu historial no Europeu, duas medalhas de bronze, 21 vezes finalista em 10 edições e recordista em seis provas, não estar lá o meu nome... Como? Não sei, pois ninguém me questionou ou falou comigo ou com o meu treinador [Élio Terrível], a não ser agora, quando ele questionou. Fomos completamente ignorados e desrespeitados», declarou, revoltado, Diogo Carvalho a A BOLA, após no fim de semana a federação só ter convocado Francisco Quintas (Sporting) e Francisca Martins (Foca) para o Euro de Kazan em piscina curta, de 2 a 7 de novembro.

 

«Afinal o que é que conta e é preciso para se ser selecionado? Gostava de uma justificação da federação», refere. Mas não estará a FPN a contar que ainda faça os mínimos para o Mundial de Abu Dhabi em piscina curta [16/21 dez.], a principal aposta após os Jogos de Tóquio? «Como podem pensar nisso se não falaram comigo para saberem os meus planos?  Mas a situação é pior. A partir do momento em que há uma competição tem de haver critérios de seleção. A questão é que não existem. Ninguém sabe o porquê daqueles dois atletas estarem convocados e não outros mais», reforça o três vezes olímpico, de 33 anos.

 

E continua. «Se soubesse os critérios através de um projeto de alto rendimento que normalmente existe... Mas no último ano e meio não foi feito. E na natação até é fácil. Temos tempos, classificações, rankings… É uma modalidade muito mensurável. Não há como enganar. Neste momento estão dois atletas convocados e não entendo a razão disso em detrimento de mim e até de outros que estão bastante magoados com a situação», reforça o nadador do Galitos de Aveiro que, para o Mundial, onde Portugal conta com nove pré-qualificados, está a 21 centésimos dos mínimos aos 200 estilos e a 47 centésimos nos 400 estilos.

 

Leia o artigo completo na edição impressa ou digital de A BOLA.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias