«A derrota com o Bayern fez-nos aprender. Só foi mau o resultado, o resto foi tudo bom»

Benfica 23-10-2021 14:40
Por Redação

Jorge Jesus fez este sábado a antevisão à deslocação a Vizela (domingo, 18 horas), para a 9.ª jornada da Liga, mas a conferência de imprensa foi, ainda, dominada pela derrota com o Bayern Munique por 0-4 na última quarta-feira.

 

Perigos da visita a Vizela: «Vai ser difícil como todos os jogos da Liga portuguesa, que está os seis países mais fortes da Europa, o que evidencia equilíbrio e qualidade. O Vizela não perde há 5 jogos, é uma equipa muito competitiva, bem trabalhada, e acontece depois daquela derrota, que é sempre uma derrota, independentemente de ter sido um adversário diferenciado: do onze do Bayern, sete são titulares da seleção alemã – não é ´vão lá´, são mesmo titulares. E o Lewandowski, que é o melhor avançado do mundo. Queremos inverter a derrota e preparámos teoricamente e mentalmente, praticamente não treinamos.»

 

Foi mais difícil preparar a equipa física ou psicologicamente?: «Mais fisicamente, psicologicamente perder é sempre perder, mas foi um adversário fora do contexto do Benfica e de todas as equipas. A derrota fez-nos aprender coisas boas, só foi mau o resultado, o resto foi tudo bom. Agora temos o Vizela para virar a página para manter a liderança.»

 

Vizela diz que vai entrar com coragem, espera um jogo aberto? «Acredito que pensem que têm possibilidade de pontuar, mal seja que não fosse assim. É uma equipa forte em casa, ainda não perdeu em casa, mas o Benfica é equipa forte fora, se formos ver, fora ainda não perdeu (risos). É uma derrota que não deixa marcas, foi para aprender, são 7 titulares da seleção da Alemanha, mais o Lewandowski e dois da França, que é campeã do mundo. Isso é falar de quê? De outra realidade.»

Ler Mais
Comentários (55)

Últimas Notícias

Mundos