«Um jogador não faz uma equipa»

Sporting 22-10-2021 19:04
Por Redação

Durante a conferência de Imprensa de antevisão ao jogo com o Moreirense, foram também colocadas a Rúben Amorim questões individualizadas, focadas em jogadores em particular, que o treinador do Sporting procurou relativizar.

 

Sobre a influência e importância do regresso de Pedro Gonçalves, o técnico dos leões afirmou: «Temos vindo a ganhar, já tínhamos antes dele regressar. Creio que toda a equipa melhorou. Um jogador não faz uma equipa. A mudança não foi só a entrada do Pote [Pedro Gonçalves], que tem um passado como médio, já fez de avançado, dá-nos bastantes soluções e foi também importante, por exemplo, nas bolas paradas, a bater os cantos. É um jogador de grande qualidade, mas toda a gente melhorou e elevou o nível, o próprio Palhinha como já falámos. Quando os jogadores melhoram, toda a equipa melhora.»

 

Quanto a mudanças na ala esquerda, o técnico fechou o jogo e explicou as mudanças que tem operado: «Rúben Vinagre já ganhou confiança, fez um excelente jogo com o Belenenses, essa questão não se coloca. Vamos variando conforme o adversário e fazendo a gestão de acordo com o adversário. O nosso lateral-esquerdo era o Nuno Mendes, um jogador muito completo, defensivo, ofensivo, alto e agora aquilo que fazemos é dividir um bocadinho dessas características por vários jogadores. Além do Rúben Vinagre, o Matheus Reis faz de central e lateral e o Nuno Santos joga nesse lugar quando queremos especificamente um extremo lá.»

 

No que diz respeito à possibilidade de Feddal desfalcar o plantel para representar a seleção, Rúben Amorim mostrou-se tranquilo e depositou total confiança nos jogadores de que dispõe: «Janeiro é muito longo. O objetivo é o Feddal estar cá. Não costumo falar de seleção com os jogadores, mas se tiver que ir à seleção, vai. Temos várias opções para aquele posto, temos Inácio, Matheus Reis, Marsà, Esgaio pode jogar em qualquer lugar na retaguarda, Neto também pode atuar naquele lugar e portanto, no que a isso diz respeito, estamos salvaguardados. Só pensamos mesmo é em ganhar o próximo jogo, com o Moreirense.»

 

Sobre a contratação de Abdul Issahaku, jovem de 17 anos, Rúben Amorim não comentou: «Não faço apresentações de jogadores. Dou, basicamente, a mesma resposta sobre o Feddal. O nosso foco é ganhar ao Moreirense.»

Ler Mais
Comentários (23)

Últimas Notícias