«Precisamos de ter a mesma atitude que tivemos nas derrotas»

Sporting 22-10-2021 18:49
Por Redação

Em conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Moreirense, o técnico Rúben Amorim mostrou-se cauteloso na abordagem e quer ver a sua equipa concentrada no adversário.

 

Questionado sobre de que forma as duas últimas goleadas (Belenenses, na Taça de Portugal e Besiktas, na Champions League) podem influenciar psicologicamente a sua equipa, Rúben Amorim afirmou: «Precisamos de ter a mesma atitude que tivemos quando perdemos e sofremos derrotas pesadas [Ajax], em que mantivemos a crença no que fazemos, no trabalho que desenvolvemos. É mais perigoso voltar ao campeonato vindo depois de ganhar do que após perder, mas alertámos os nossos jogadores, eles estão muito confiantes e antevejo um bom jogo, um jogo importante para manter a nossa caminhada.»

 

Sobre o Moreirense, o treinador dos leões partilhou a sua visão do adversário: «É uma equipa bem trabalhada e tal como o o seu treinador disse, sem responsabilidade neste jogo. Pode jogar em 3x4x3, também já jogou em 4x3x3, pode variar na frente com os jogadores que tem e não sabemos ao certo como se vai apresentar, mas o foco é sempre mais na nossa equipa como em todas as jornadas. O Moreirense tem jogadores rápidos na frente, é forte nas bolas paradas, tem jogadores altos, mas estamos preparados para isso e vamos mudar o chip depois da Liga dos Campeões.»

 

Preferência sobre a tática que os minhotos possam apresentar é algo que para Rúben Amorim não se coloca: «Há muitas equipas a dificultar-nos a vida e vamos fazendo nuances no nosso sistema para superar os obstáculos. Os nossos jogadores estão preparados para defrontar uma equipa em 4x3x3, 3x4x3, 4x4x2, seja qual for o sistema. O que mais importa é a forma séria como abordam o jogo. Eles sabem jogar contra adversários em sistemas diferentes, já percebem pela ficha de jogo como é que o adversário vai jogar, é algo que trabalhámos, os jogadores estão habituados.»

 

Relativamente ao facto de se avizinhar uma série de muitos jogos no Estádio de Alvalade e se esta fase que se aproxima é determinante, o treinador focou o discurso para os aspetos positivos sem descurar a atenção sobre o nível de exigência: «Todas as partes da época são importantes, nunca sabemos que jogo vai fazer falta no fim do campeonato. Não temos viagens, vamos ter o estádio com muita gente, é só fatores positivos. Vamos ter um jogo para a Taça da Liga que temos de vencer, já se sabe que no campeonato, perdendo, torna-se mais difícil apesar de os adversários também perderem pontos e ainda faltar muito tempo para o desfecho e temos também a Taça de Portugal e a Liga dos Campeões. Jogamos em casa, vamos ter o nosso público, mas num clube grande temos de estar sempre de olho aberto, como se costuma dizer. Esta fase que envolve muitas competições é realmente importante.»

Ler Mais
Comentários (17)

Últimas Notícias