Números provam subida de rendimento de João Mário na Luz

Liga 02-10-2021 09:45
Por Paulo Cunha

A época ainda agora começou, até maio há uma longa maratona a percorrer, mas, à entrada para o mês de outubro, é indesmentível que João Mário atingiu um patamar superior de rendimento em comparação com o da temporada passada ao serviço do Sporting.


Se para Rúben Amorim, conforme frisou ontem na conferência de imprensa de antevisão ao jogo de hoje em Arouca, «João Mário não teria no Sporting o estatuto que tem no Benfica», já para Jorge Jesus é o médio e mais dez quando o técnico encarnado começa a desenhar o onze.


Em 34 jogos (2447 minutos, tempo de compensação incluído, 28 a titular) em 2020/2021, João Mário marcou dois golos, ambos de penálti (Belenenses SAD e P. Ferreira), e assinou outras tantas assistências (P. Ferreira, esta na Taça de Portugal, e Santa Clara). Em apenas 12 partidas (976 minutos, igualmente com tempo de compensação incluído, 11 a titular) em 2021/2022, contribuiu com o mesmo número de disparos certeiros (Spartak Moscovo e V. Guimarães, de bola corrida) e um passe para golo (Spartak Moscovo).

 

Leia na íntegra com todos os números na edição impressa ou digital de A BOLA. 

Ler Mais
Comentários (130)

Últimas Notícias