Portugal vence Espanha (4-2)

Futsal 27-09-2021 17:36
Por Redação

Terminou o jogo!


50': Bebé tenta o golo, para a baliza deserta, ao lado. 

49': Raul Campos por cima.

49': Remate de Chino, defende Bebé para canto.  

48': Remate de João Matos, ao lado. 

48': Chino acerta no travessão!

48': GOLO DE PORTUGAL: PANY VARELA!!!!


Espanha começa com 5x4, com Adri Martínez como guarda-redes avançado

Começa a segunda parte do prolongamento.  
 

Troca de campo.

45'
: Bruno Coelho impede remate de Adri Martínez. 

44'
: Remate de Chino, ao lado. 


43': GOLO DE PORTUGAL: autogolo de Raya!!  

 

Está recuperado o guardião de Portugal. 

Bebé está a ser assistido. 

42': Grande defesa de Bebé a remate de Jose Raya. 

42': Remate de Raúl Gomez, ao lado.  


São cinco minutos em cada parte do prolongamento. 

41': Remate de Adolfo Fernández, por cima.  

41': Remate de Pany Varela, ao lado.  


Começou a primeira parte do prolongamento.


Apito final. O jogo segue para prolongamento.

 

Final impróprio para cardíacos, com a bola a não deixar a área de Portugal; bola ao poste esquerdo de Portugal no último segundo.   

Time out para Espanha. Faltam 10 segundos para o final. 

Time out para Portugal. Faltam 56 segundos para o final.

39': Ricardinho com Herrero a limpar o chão para defender. 

39': Livre cobrado por Chino, ao lado. 

39': Cartão amarelo a André Coelho. Cinco faltas acumuladas para Portugal. 

38': Cartão amarelo para o selecionador Jorge Braz.

37': Erick Mendonça a obrigar Herrero a aplicar-se.

37': Pany Varela ao poste!!!

36': GOLO DE PORTUGAL: marcou Zicky!!

36'
: Remate de Erick Mendonça, ao lado. 

Apoio não falta a Portugal. Os adeptos estão a puxar pela equipa. 

 

33': Cartão amarelo a Pany Varela.

 

33': Remate de Chino, defende Bebé com os pés. 

 

Fica tudo como está: 1-2.

A equipa de arbitragem está a analisar um lance de Ricardinho e Adolfo Hernández.

31': GOLO DE PORTUGAL: André Coelho do meio da rua!!! 

31´
: Adolfo Fernández remata forte, a bola passa perto do poste esquerdo.  

Cumprem-se os últimos dez minutos de jogo.

29´: Remate de Adolfo Fernández, por cima. 

28': Grande oportunidade para Portugal: Zicky remata, Herrero defende para a frente e Miguel Ângelo, na recarga, também não consegue desfeitear o guardião.  

A Espanha está confortável com o resultado, Portugal não está a conseguir fluir o seu jogo.  

 

25': Remate de Pany Varela, ao lado. 


25': Ricardinho cobra o livre, a bola acerta em cheio na cabeça de João Matos.  

25': Cartão amarelo para a Miguel Mellado. 

Portugal não entrou bem na segunda parte. 

24': Remate de Miguel Ângelo às malhas laterais.  

23': Golo da Espanha: Adri Martínez de livre direto. 


Entra Tomás Paçó para Portugal.
 

22': Remate de Ricardinho, ao lado. 

22': Golo da Espanha: Adolfo Fernández.

21'
: Bola ao poste de Portugal.

 

20': Começa a segunda parte.

 

Intervalo na arena de Vilnius. Permanece o nulo. 

19´: Entrou Vítor Hugo para defender: remate de Adri Martínez, ao lado.  

19': Cartão amarelo a Bebé. Saiu da área e fez falta. A Espanha vai beneficiar de um livre de 10 metros. 

19': Remate de Bruno Coelho (voltou a tentar a picadinha), mas Herrero segurou. 

Entrámos no último minuto da primeira parte. 

 

18': Saída segura de Bebé da baliza a cabecear para fora, após remate de Raúl Campos. 

17': Remate perigoso de Erick Mendonça. 

17':Cartão amarelo para Jose Raya, atrasou reposição de bola.  

 

16´: Cinco faltas acumuladas para Espanha. 

 

15´: Remate de Erick Mendonça, com Herrero atento.

14': Mais uma intervenção de Bebé.

 

13': Herrero evita autogolo espanhol após remate de Miguel Ângelo. 

Time out para Portugal. jorge Braz pede à equipa para se adaptar à circunstância das cinco faltas.  

13': Grande defesa de Bebé a remate de Borja.


12': Cartão amarelo a Bruno Coelho.

 

12': Remate de Miguel Ângelo, Portugal perto do golo.

11': Grande passe de Ricardinho, João Matos, ao segundo poste, não consegiu marcar, Herrero fez-se bem à interceção.  

 

Entrou Afonso Jesus e Miguel Ângelo para Portugal.

 

10': Cinco faltas acumuladas para Portugal.

9': Bruno Coelho tentou a picadinha, de pé esquerdo, mas saiu mal.

9': Remate de Ricardinho, de longe, ao lado.  

 

8': Livre perigoso para a Espanha: a defesa lusa resolveu.  

8': Remate de Ricardinho, Herrero para canto.  

7'
: Grande intervenção de Bebé a remate de Chino. 

 

Zicky entrou na equipa de Portugal.

6': Remate de Chino contra André Coelho. 

 

6': Miguel Mellado a ameaçar a baliza de Bebé. 

 

Jorge Braz lançou no jogo Pany Varela, André Coelho, Tiago Brito e Erick Mendonça.

Portugal entrou bem no jogo, desenvolto e sem medo de ter a bola. 

 

3. Fábio Cecílio arrisca remate fora da área. Bola passa perto do poste.

 

2': Bruno Coelho esteve perto de inaugurar o marcador, finalizou em jeito, um pouco por cima. 

2': Desatenção defensiva de Portugal, com Adolfo Fernández a falhar a baliza.   

1'
: Bruno Coelho, remate perigoso ao segundo poste, Jesús Herrero defendeu.  

 

1' : Começou o jogo. Sai Espanha com a bola.  

 

A Portuguesa está a ecoar no pavilhão de Vilnius.

 

Ouve-se o hino de Espanha. 

 

Agora é a vez de Portugal entrar. Há muitas bandeiras de Portugal a serem agitadas nas bancadas. 

 

Os jogadores estão a ser chamados um a um. Entra primeiro a Espanha.
A equipa de arbitragem já está na quadra. 

Já falta pouco para o início do jogo. Siga aqui todas as incidências do encontro. 

Já são conhecidos os cinco iniciais

Espanha: Jesús Herrero, Carlos Ortiz, Adolfo Fernandez, Adri Martínez e Raúl Campos.

Suplentes: Borja Diaz, Marc Tolra, Raul Gomez, Francisco Solano, Bebe, Chino, Juanjo, Jose Raya, Miguel Mellado.

PORTUGAL: Bebé, Fábio Cecílio, Bruno Coelho, João Matos e Ricardinho.  

Suplentes: Tomás Paçó, Afonso Sousa, Zicky, Erick Mendonça, Pany Varela, Tiago Brito, Miguel Castro e Vítor Hugo.

André Sousa e Pauleta ficam na bancada.

Árbitros: Mohamed Hassan (Egito) e Khalid Hnich (Marrocos)
Terceiro árbitro: Ondrej Cerny (República Checa)
Cronometrista: Tomohiro Kozaki (Japão)


Suplentes: Borja Diaz, Marc Tolra, Raul Gomez, Francisco Solano, Bebe, Chino, Juanjo, Jose Raya, Miguel Mellado.

 

A Seleção Nacional discute o acesso às meias-finais do Campeonato do Mundo Lituânia-2021 diante da Espanha, na Arena de Vilnius, às 15.30 horas, sendo que o vencedor deste duelo ibérico defrontará o vencedor do Irão-Cazaquistão. 

Refira-se que em 29 encontros com nuestros hermanos, a equipa das Quinas apenas venceu por duas vezes, nomeadamente a 27 de setembro de 2005, por 3-2, num jogo de preparação, em Espanha, e a 10 de fevereiro de 2018, por 3-2, em jogo do Europeu, na Eslovénia. De resto, registaram-se quatro empates e 23 derrotas. Contudo, a ideia de que a diferença entre as duas seleções está mais esbatida é partilhada pelo selecionador. 

«Três aspetos, três ideias distintas: a diferença esbateu-se porque nós fomos para outro patamar, sem dúvida; a Espanha agora não é mais fraca – continua a ser das seleções [mais organizada], se não a mais organizada no mundo, claramente; o passado não interessa absolutamente nada, interessa o momento - já houve um momento em que o referi e nós percebemos isso. Se conseguimos equilibrar e estarmos próximos, o que interessa, a partir de agora, são os jogos que se fazem – os jogos de há 15 ou 20 anos atrás não interessam para nada», justificou Jorge Braz. 

Notícia em atualização

Ler Mais
Comentários (12)

Últimas Notícias