«Seleção? Se continuar a trabalhar a oportunidade vai aparecer»

Valência 19-09-2021 11:29
Por Redação

A iniciar a terceira temporada no Valência, Thierry Correia falou da adaptação difícil ao novo clube e do trabalho para passar de pouco utilizado, no primeiro ano, a aposta firme, no segundo.  

 

«No início não foi fácil porque estava longe dos meus amigos, da minha família, da minha namorada, do meu País. Quando cheguei ao clube, tinha a ambição de jogar, mas fui titular em dois jogos e pouco mais. Com a ajuda da família e de um ‘mental coach’ consegui superar tudo. Depois do confinamento estava muito melhor», começou por dizer o jogador, de 22 anos, em entrevista ao jornal Marca.

 

Contratado ao Sporting por 12 milhões de euros, Thierry Correia fui muito criticado pelo desempenho fraco na equipa che. Críticas que, apesar de tudo, não considera injustas: «Não, é o futebol. Há coisas que não podes controlar e eu não posso controlar o que as pessoas pensam de mim. A única coisa que podia fazer era trabalhar com empenho durante a semana e esperar a minha oportunidade. Agora que tenho essa oportunidade não vou deixá-la fugir.»

 

Pelo Valência passaram laterais-direitos como Miguel Brito, João Pereira ou João Cancelo, jogadores que foram também titulares na Seleção Nacional. Será também esse o futuro de Thierry Correia? «É uma posição em que Portugal está muito bem servido, com muitos e bons jogadores. Só tenho de fazer o meu trabalho e esperar a minha oportunidade. Se continuar a trabalhar assim, penso que vou tê-la.»

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias