Pepe devorador de ‘colchoneros’

FC Porto 14-09-2021 09:15
Por Pascoal Sousa

Poucos futebolistas estão tão autorizados a falar dos jogos com o Atlético de Madrid como Pepe. Os 10 anos que passou no Real proporcionaram-lhe emoções fortes, 19 duelos de elevadíssima intensidade e dois... títulos de campeão europeu, um deles conquistado no Estádio da Luz, na época 2013/2014, jogo em que não foi utilizado na final. Em  maio de 2016, desta vez a titular, repetiu a façanha no Giuseppe Meazza, em Milão. Curiosamente, ambos os jogos foram decididos na conversão de grandes penalidades, depois de empates - sempre 1-1 - que o prolongamento não quebrou.


No Real Madrid Pepe ganharia uma terceira Champions, em 2017, em Cardiff, no País de Gales. O jogo também esteve empatado a uma bola... mas ao intervalo. No final, o Real Madrid foi implacável e goleou a Juventus por 4-1, com golos de Casemiro e Ascensio e bis de Ronaldo. Aos 38 anos, Pepe atravessa uma fase de grande fulgor, como tem ficado vincado nos azuis e brancos e na Seleção Nacional. O regresso a Madrid só lhe reserva uma novidade: o jogo é no moderníssimo Estádio Metropolitano - conhecido por Wanda Metropolitano por questões de patrocínio -, bem diferente da atmosfera do antigo Vicente Calderón, onde durante décadas os dois rivais da capital esgrimiram argumentos. Pepe fica bem com isso, afinal, as suas maiores alegrias frente ao adversário de amanhã foram em estádios neutros, nas duas finais ganhas na Champions, que fazem parte dos 23 títulos que soma na carreira. Em 19 jogos contra os colchoneros venceu 12, empatou cinco e apenas perdeu dois. Apontou ainda dois golos, um deles a Oblak, em abril de 2017. 
 

Ler Mais
Comentários (11)

Últimas Notícias

Mundos