Michael pediu ajuda a Jorge Jesus: «Estava no hotel e quis suicidar-me»

Brasil 31-07-2021 23:54
Por Redação

Michael, jogador de 25 anos que milita no Flamengo, revelou que passou por uma depressão no ano passado, quando Jorge Jesus estava ainda no clube. Na altura, o jogador chegou a pensar em suicidar-se.

«Tive uma depressão no ano passado e sofri muito. Estava no hotel e quis suicidar-me. Vieram-me à cabeça certos pensamentos e queria saber como era atirar-me do prédio. Gritei por socorro, pela minha mulher, pelo doutor, pelo Diego Ribas, pelo Diego Alves, pelo Filipe Luís, pelo Rafinha e pelo Marcos Braz também. Eles fizeram-me sentir querido, abraçado. Tiveram um cuidado comigo como ninguém antes tinha tido», explicou Michael, em entrevista ao canal do Youtube «Barbaridade».

O jogador contou que Jorge Jesus também teve papel no seu processo de recuperação. «Houve um dia em que não estava a conseguir concentrar-me e fui ao quarto do Jorge Jesus e disse-lhe: ‘manda-me embora, rescinde o meu contrato, sei lá, faz o que bem entender’. Eu chorava, não conseguia expressar-me como deve de ser. Eu queria trabalhar, mas não conseguia dormir sozinho. Ele disse que não me mandaria embora, perguntou-me se dormia bem em casa e disse-me que no dia a seguir iria colocar-me a jogar. Foi contra o Fluminense e fiz um golo.»

Michael explicou que agora continua a ser seguido por um psicólogo, mas diz-se recuperado. «Não tenho vergonha de falar disso, porque depressão quase todo o mundo tem, só que ninguém quer assumir. Mas se está doente o melhor é falar. Eu tinha medo de estar sozinho. Hoje estou grato e posso dizer que a depressão é um problema que tem cura», disse.

 

Veja a entrevista:



Ler Mais
Comentários (6)

Últimas Notícias

Mundos