Higuaín, a ideia errada do cigarro na boca e o ‘segredo’ com Messi e CR7

Estados Unidos 16-06-2021 12:21
Por Redação

Em setembro do ano passado, então ao serviço da Juventus, Gonzalo Higuaín decidiu fazer as malas e atravessar o Atlântico para iniciar uma nova etapa na carreira na Major League Soccer (MLS), principal campeonato de futebol dos EUA, ao serviço do Inter Miami.

 

«Não conseguia encontrar a serenidade fora do futebol. Buffon disse-me que quando deixasse de sentir a chama dentro de mim seria o momento de mudar. Pensei que viria para aqui e jogaria com um cigarro na boca, mas a verdade é que foi difícil», reconheceu o avançado argentino, 33 anos, em entrevista à Bobo TV.

 

«A MLS é uma liga dura, semelhante à italiana. Em Espanha e Inglaterra é mais fácil jogar bem, enquanto em Itália, se não conheces o campeonato, sofres», assinalou.
 

Gonzalo Higuaín é um dos poucos jogadores que se podem orgulhar de ter tido Cristiano Ronaldo e Lionel Messi como companheiros de equipa: jogou com o internacional português no Real Madrid e na Juventus, sendo compatriota da estrela do Barcelona e da seleção do país das Pampas.

 

«Tive a sorte de jogar com os dois. Estão a um nível tão alto que tens de adaptar-te para servi-los. Com Messi e Ronaldo ao lado temos pelo menos 3 ou 4 situações de golo por jogo, se formos inteligentes e os entendermos. Para mim foi um privilégio», realçou.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias