Ceferin responde às críticas de jogadores e treinadores

UEFA 25-04-2021 10:15
Por Redação

Evitada a Superliga Europeia, jogadores e treinadores têm sido unânimes nas críticas à remodelação das provas europeias, prevista para 2024. Em causa, está o aumento do número de jogos, que não agradou aos principais protagonistas e que motivou uma resposta mais assertiva de Aleksander Ceferin, presidente da UEFA.

 

«Sim, claro que pode haver menos jogos, mas os salários dos treinadores e jogadores vão ter de se adaptar a isso. Não se pode gerar menos produto e ganhar mais dinheiro ao mesmo tempo», atirou o líder do organismo que regula o futebol europeu, numa entrevista ao Daily Mail.

 

Recorde-se que, o novo formato da Liga dos Campeões vai ter um aumento no número de equipas (32 passa para 36) e passar a ser disputado numa liga única. Em vez dos habituais seis jogos na fase de grupos, cada emblema vai passar a disputar 10 encontros para atingir os oitavos de final.

Ler Mais
Comentários (5)

Últimas Notícias

Mundos