Vice-presidente do ABC Braga acusado de atentado à liberdade de informação

Andebol 19-04-2021 18:13
Por Redação

O Ministério Público (MP) deduziu acusação contra um vice-presidente do ABC Braga, imputando-lhe a prática de um crime de atentado à liberdade de informação, por impedir uma equipa de reportagem do Porto Canal de aceder ao pavilhão Flávio Sá Leite, em Braga.

Em nota publicada esta segunda-feira na sua página da Internet, a Procuradoria-Geral Regional Porto explica que «o  Ministério Público considerou indiciado que o arguido, no dia 06.12.2017, actuando enquanto vice-presidente do conselho de administração do ABC Braga Andebol SAD, impediu que uma jornalista e o repórter de imagem do Porto Canal acedessem ao pavilhão desportivo sito no Parque da Ponte, em Braga, para efeitos de cobertura jornalística do jogo de andebol entre o ABC Braga Andebol SAD e o Futebol Clube do Porto».

 

«Mais indiciou o Ministério Público que o arguido manteve esta recusa mesmo se lhe foi exibida pela jornalista a credencial de acesso emitida pela Federação Portuguesa de Andebol», pode ainda ler-se.

De acordo com a lei, o crime de Atentado à liberdade de informação prevê pena de prisão até 2 anos ou multa até 240 dias.

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias