Yaya Touré tentou fazer as pazes com Guardiola mas ficou sem resposta

Manchester City 16-04-2021 16:54
Por Redação

O antigo médio costa-marfinense Yaya Touré, atualmente treinador dos ucranianos do Olimpik Donetsk, concedeu extensa entrevista ao Daily Mail, onde passou em revista a carreira e recordou a ‘guerra’ que abriu com Pep Guardiola, seu antigo treinador no Manchester City. Numa entrevista à France Football em 2018, Yaya Touré acusou o catalão de ser racista e de sempre ter tido «problemas com jogadores afircanos».

 

«Essa entrevista foi um erro. Um grande erro. Dei a minha confiança e a minha voz e distorceram as coisas. Soube que as pessoas em causa não ficaram contentes. No ano passado, escrevi uma carta para me desculpar e para tentar conversar com algumas pessoas importantes. Fui indecente com o Manchester City… Mas não tive qualquer resposta. Quero paz, não quero este clima de guerrilha. Por amor aos adeptos, por amor ao clube, por vezes, algumas coisas têm que ser resolvidas da maneira correta. Estive em contacto com algumas pessoas de lá, mas é impossível chegar às pessoas do topo», disse.

 

 

Ler Mais
Comentários (10)

Últimas Notícias