Darwin matou o borrego e chorou

Benfica 11-04-2021 10:18
Por Redação

Não marcava há meses, desde o jogo com o Estoril para a Taça de Portugal, relegado para segundo plano nas escolhas de Jorge Jesus nesta recente sequência de triunfos das águias. Darwin Núñez encontrou a saborosa redenção, satisfação do golo tão perseguido quanto necessário para recuperar alento e matar ondas de cobrança sobre o seu rendimento na relação direta com o investimento feito pelo clube.


O jovem internacional uruguaio andava visivelmente desalentado com a sua posição no Benfica, triste pela perda de protagonismo, mas ontem bastaram oito minutos em campo para fazer o que mais gosta. Um golo que contou com uma assistência de Seferovic, responsável no campo por ofuscar o uruguaio e votá-lo à condição de suplente. Na jornada em que atingiu o topo de marcadores no Campeonato, o suíço foi também generoso com o seu parceiro de ataque.

 

Darwin marcou e foi muito felicitado, não disfarçando as lágrimas que marcavam a perda de confiança. No apito final, o uruguaio olhou para o céu, agradeceu...e rapidamente foi envolvido por Seferovic e outros companheiros.

 

Leia mais na edição impressa e digital de A BOLA.
 

Ler Mais
Comentários (18)

Últimas Notícias