«Depois de sofrer o golo começámos a jogar»

Sporting 05-03-2021 23:04
Por Redação

Apesar da satisfação pelo triunfo diante do Santa Clara (2-1), na 22.ª jornada da Liga, Rúben Amorim deixou alguns reparos à equipa. O treinador do Sporting falou em alguma passividade, mas também elogiou a reação do emblema leonino ao golo do empate.

 

«Jogo começou com um sentimento, de nós que estamos a ver o jogo, de alguma passividade do Sporting. Não foi o melhor dos nossos dias. Estar estes jogos sem perder dá nisto. Conseguimos fazer o golo na primeira oportunidade que tivemos e depois deixámos o tempo passar e não estamos preparados para isso. A equipa parecia algo ansiosa. Temos de melhorar, a começar pelo treinador. A reação ao golo prova isso mesmo, acelerámos o jogo quando nos sentimos apertados. Depois de sofrer o golo começámos a jogar e conseguimos chegar à vitória», atirou na entrevista rápida, elogiando a crença da equipa: «Viu-se pela forma de reagir ao golo que os jogadores acreditam sempre. Jogámos poucos minutinhos, mas jogámos.»

 

Questionado sobre o recorde de invencibilidade quebrado (sem perder nas primeiras 22 jornadas, ultrapassando Malcom Allison em 1981/82), Rúben Amorim foi perentório.

 

«Só quero ganhar ao Tondela. Está tão difícil cada jogo, que trocava isso por uma vitoria em Tondela», concluiu.

Ler Mais
Comentários (21)

Últimas Notícias