Sobrevivente da tragédia da Chapecoense escapa a novo acidente grave

Bolívia 03-03-2021 20:15
Por Redação

Erwin Tumiri, um de apenas seis sobreviventes do trágico voo de 2016 da Chapecoense, que transportava a equipa brasileira para a Colômbia, onde ia participar na final da Taça sul-Americana, e que resultou na morte de 71 pessoas, entre jogadores, treinadores, staff e jornalistas, viu-se envolvido em novo acidente grave, desta vez de autocarro.

 

O técnico de tripulação boliviano encontrava-se num veículo que capotou e caiu num precipício de 150 metros junto a Ivirgarzama, na Bolívia, matando 21 pessoas.

 

De acordo com a família, Tumiri sofreu apenas teve lesões num joelho e arranhões nas costas. «Ele está estável, graças a Deus, foi salvo mais uma vez. Conversámos e ele disse que está bem», disse a irmã de Erwin, Lucia Tumiri, em entrevista ao jornal boliviano Los Tiempos.

 

 

 

Ler Mais
Comentários (4)

Últimas Notícias