Antigo treinador dos EUA suicida-se após ser acusado de abuso sexual

Ginástica 25-02-2021 22:49
Por Redação

John Geddert, antigo treinador de ginástica artística feminina dos Estados Unidos, suicidou-se, esta quinta-feira, com um tiro de pistola, horas após ser formalmente acusado de 24 crimes pela Procuradoria de Michigan. A maioria dos crimes referia-se a abusos sexuais às ginastas, tráfico humano, organização criminal e maus tratos.

 

Geddert, 63 anos, conduziu os Estados Unidos à medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, estava a ser investigado desde 2018, altura em que rebentou o escândalo. Na altura, várias ginastas acusaram Geddert de ser cúmplice dos abusos sexuais praticados por Larry Nassar, médico da federação; e de ele próprio ter sido o autor de várias agressões sexuais. Em 1996, fundou um dos mais reputados centros de treino de ginástica norte-americanos, tendo sido o treinador de várias das maiores estrelas da modalidade no país.

Ler Mais
Comentários (5)

Últimas Notícias