«Vou ficar na história do Tottenham por bons motivos»

Tottenham 14:54
Por Redação

É com confiança que José Mourinho encara o futuro no comando técnico do Tottenham. Naturalmente triste com os maus resultados, recusa-se a atirar a toalha e garante estar «mais motivado do que nunca» para enfrentar um novo desafio na longa e bem-sucedida carreira de treinador.

 

«É positivo que digam que não estou habituado a isto, mas quero saber que treinador teve sempre o céu azul e nunca nuvens ou até o céu um pouco escuro. Talvez apenas o treinador que esteve sempre num clube dominante em determinada liga. Isto só demonstra o quão bonita foi a minha carreira», começou por salientar o treinador português, na antevisão ao jogo de quarta-feira com o Wolfsberger, em Londres, da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa (vitória por 4-1 na primeira mão).

 

«Se este contexto me deixa deprimido? Não. É um desafio e sinto que estou à altura. Estou mais motivado do que nunca. Nunca senti o que por norma os treinadores sentem quando os resultados não são bons: que estão sozinhos. Estamos todos no mesmo barco. Ninguém está feliz mas ninguém está deprimido», afiançou.

 

Aos 58 anos, Mourinho diz ser agora um treinador mais maduro.

 

«Graças a Deus que não sou o treinador que fui no passado. Todos nós evoluímos. Por vezes tive problemas, não em termos de resultados porque não tive muitos resultados maus, mas problemas no dia a dia e perante os quais reagia de forma muito mais emocional. Em vez de me ajudar, criava ainda mais conflitos», reconheceu.

 

«Não estou feliz mas sinto-me tranquilo, a maturidade ajuda e sinto-me muito confiante. Acredito que vou ficar na história do Tottenham por bons motivos e não por maus», vaticinou.

Ler Mais
Comentários (21)

Últimas Notícias