Evangelista condena «atos cobardes» contra candidato à presidência do Sindicato

Futebol 23-02-2021 14:32
Por Redação

O Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF), presidido por Joaquim Evangelista, manifestou-se solidário para com Ibraim Cassamá, candidato à presidência do organismo, na sequência dos «cobardes ataques, manifestações de ódio e vandalismo» levados a cabo contra o jogador do Real Massamá.

 

«Neste momento exige-se que os autores destes ataques sejam denunciados, devidamente identificados e punidos. O Sindicato irá reforçar o apelo junto das autoridades com competência em matéria criminal e apela a todos os que tenham informações sobre os autores destes ataques para que o reportem, de modo a auxiliar o trabalho dessas autoridades», lê-se em comunicado.

 

Joaquim Evangelista, presidente do SJPF, deixou mensagem de solidariedade a Ibraim Cassamá e condenou os atos de vandalismo.

 

«Quero dirigir uma mensagem de solidariedade e apoio ao Ibraim Cassamá, neste momento difícil, condenando veementemente estes atos cobardes e o vandalismo a que assistimos após a partilha das imagens nas redes sociais. Num país democrático onde os valores da igualdade, do respeito, do pluralismo de ideias e opiniões devem imperar, é inaceitável que atos como estes possam ter lugar. Todo o discurso de ódio e violência e o ambiente de guerrilha que tem imperado nas últimas semanas no futebol português é simplesmente inaceitável. Naquilo que precisar do Sindicato, e de mim pessoalmente, o Ibraim sabe que conta connosco», salientou, citado no comunicado do Sindicato.

Ler Mais
Comentários (6)

Últimas Notícias