«Não haveria maior honra do que oferecer um troféu aos adeptos da Roma, que são fantásticos»

Roma 19-02-2021 20:34
Por Redação

Depois da vitória por 2-0 da Roma sobre o SC Braga, na primeira mão dos 16 avos de final da Liga Europa, Paulo Fonseca assumiu o desejo de vencer um título com o clube, falando também da identidade que quer estabelecer no clube.

 

«Para começar acredito que ter paixão é essencial, e passá-la a outros é fundamental para se ter sucesso; Eu sou apaixonado pelo que faço e é natural que o queira transmitir, especialmente na tentativa de construir uma identidade dentro da equipa. Depois é importante ter consistência e dar ambição à equipa, para que jogue sempre com confiança de forma a desenvolver o seu jogo», disse à Roma TV.

 

Defendendo que não há equipas perfeitas, acredita ainda que a Roma pode melhorar. «Nenhum treinador pode dizer que tem tudo o que quer, não há equipas perfeitas, estou sempre insatisfeito, sinto que podemos sempre melhorar. Aqui na Roma, à medida que os meses passam, posso dizer que a equipa não está longe de ser o reflexo do que quero e de me deixar satisfeito», referiu ainda.

 

Em antevisão já ao jogo com o Benevento, no domingo, o treinador português disse ter consciência de que é importante chegar aos troféus. «A Roma é um clube ambicioso quer estar cada vez mais perto de um título. Para mim não haveria maior honra do que oferecer um troféu aos adeptos da Roma, que são fantásticos. Há muita paixão neste clube e gostaria de devolver com resultados», disse, apesar de «ser complicado dizer quem poderá ganhar a Liga Europa».

 

«A continuidade é muito importante, por isso começo a perceber que a pré-época é muito importante, temos mais tempo para trabalhar os princípios do jogo», sublinhou, já que durante a época trata-se apenas de «recuperar para o próximo jogo», finalizou.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias