Villas-Boas anuncia saída no final da época: «Não penso ficar depois de junho»

Marselha 29-01-2021 14:22
Por Redação

André Villas-Boas deu como certa a saída do Marselha em junho, quando termina o seu contrato, afirmando que não recebeu qualquer proposta de renovação, e reconhecendo que a equipa está longe dos objetivos.

 

Em plena crise de resultados - o Marselha não ganhar há 4 jogos para a Liga, acumulando três derrotas e está em sexto – o treinador português disse aceitar, ao falar antes da partida com o Rennes, que a sua passagem pelo Marselha vai acabar.    

 

«Na posição em que [a equipa] está agora é normal. Isto vai contra o que disse à direção, mas penso que vai ser o fim, sim Não penso ficar. Todos pensamos que vai ser assim, não há contactos entre os meus agentes e a direção. Estamos a 15 pontos da liderança, longe dos objetivos definidos no início da época», disse, acrescentando:

 

«O próximo ano será ano zero para a equipa, vai ser limpeza total, porque será preciso criar bases para a continuação. É importante que o meu substituto seja bom. Nunca recebi proposta para renovar e já estamos a 29 de janeiro, por isso penso que o assunto está morto.»

 

E se chegar uma proposta em abril? «Na semana passada falávamos de demissão, agora falam-me em renovação... É preciso um equilíbrio. Não estou à espera que ela chegue, porque o meu caso não é prioritário. Não estou preocupado. Só quero uma vitória para sair da crise. Se em abril, quando já estiver sol, vier uma proposta logo vemos. Não quero colocar pressão sobre ninguém, sou eu o responsável pelos resultados atuais, que são um desastre», comentou. 

Ler Mais
Comentários (11)

Últimas Notícias