Mama Baldé: «Fizeram jogada só ao alcance dos melhores»

Rio Ave 17-01-2021 09:14
Por Redação

Geraldes, Mané e Dala temperaram a surpresa em Alvalade e fizeram-no com laivos de genialidade. Podia-se chamar uma afronta à casa mãe mas não haverá adepto do Sporting capaz de cobrar algo a qualquer um dos três. Todos foram contidos nos festejos, apesar de só a jogada em si, independentemente do contexto, merecer toda a euforia.

 

Geraldes foi o estratega do assalto, Mané tinha o motor em modo aceleração e Gelson Dala sabia que lhe competia a entrega da mensagem. Unidos por um passado em Alvalade, foram promessas desejadas como certezas, mas já são estrelas incontornáveis em Vila do Conde, afeiçoados, por completo, à cidade e a uma ideia de jogo que impera no clube.


Quem os conhece bem é Mama Baldé, do Dijon, com cinco golos na Liga Francesa. Foi de todos companheiro na equipa B do Sporting. Em diferentes fases. De todos é amigo e vibrou com o descaramento da tripla em Alvalade.


«São ótimos jogadores, fizeram uma jogada só ao alcance dos melhores, porque a fizeram com a equipa a perder. Mudaram o jogo. Foi uma resposta espetacular dos três, o Mané tem feito um grande Campeonato, chamo-lhe rei das assistências, o Chico [Geraldes] é o mágico com a bola nos pés e o Dala é aquele avançado que cheira o golo. A margem de progressão de todos é enorme», elogia Mama Baldé, também ele renegado em Alvalade, depois de uma época fantástica no Aves.

 

Leia mais na edição impressa e digital de A BOLA.

Ler Mais
Comentários (5)

Últimas Notícias