Trump banido definitivamente do Twitter depois de ataque ao Capitólio (fotos)

Estados Unidos 09-01-2021 09:33
Por Redação

A 12 dias de deixar de ser presidente dos Estados Unidos, Donald Trump foi banido do Twitter. 

A decisão, explicada através da conta «Twitter Safety/Segurança no Twitter»,  surgiu «após uma cuidadosa revisão» a comentários recentes, nomeadamente os que aconteceram no dia da invasão do Capitólio por parte de centenas de apoiantes seus, na quarta-feira.

 

«Depois de uma revisão cuidadosa dos tweets recentes da conta do @realDonaldTrump e do contexto em seu redor suspendemos permanentemente a conta devido ao risco de mais incitamento de violência», pode ler-se. 

 

A conta já tinha sido banida durante 12 horas logo na quarta-feira, dia 6, devido a «violações graves das políticas de Integridade Cívica» da rede social.  Também o Facebook e o Instagram tinham banido Trump por tempo indefinido no dia 6.

 

A invasão do Capitólio ocorreu quando as duas câmaras, Congresso e Senado, estavam reunidas para certificar os votos do Colégio Eleitoral, oficializando assim Joe Biden como próximo presidente dos EUA, que tomará posse a 20 de janeiro.

 

Cinco pessoas morreram, entre elas um polícia do Capitólio e as autoridades encetaram dezenas de detenções aos que entraram no edifício, a esmagadora maioria deles residentes fora de Washington, mas que entraram com a cara destapada, muitos deles emitindo em direto nas suas redes sociais e identificando-se pelo nome.

 

Num dos seus últimostweets, o Presidente cessante anunciou sexta-feira que não estará presente na cerimónia de tomada de posse de Joe Biden.

Ler Mais

Últimas Notícias

Mundos