Robben: «A cabeça pede-me a reforma»

Holanda 21-12-2020 11:42
Por Redação

Arjen Robben terminou a temporada passada e anunciou a retirada, mas o seu Groningen, na sua Holanda, convenceu-o a voltar. No entanto, 44 minutos divididos por dois jogos na liga e uma série de lesões que se prolongam mais do que deveriam, carregam muito o horizonte para um dos grandes jogadores do país das tulipas. O antigo internacional, que diziam ser feito de cristal pelos inúmeros problemas físicos que apresentava, começou finalmente a duvidar de si mesmo.

 

«Só espero poder voltar ao campo. Tive muitos contratempos. Sabia que seria uma tarefa difícil e um desafio, mas, para ser sincero, a energia desapareceu nestas últimas semanas e a cabeça pede-me a reforma. No entanto, há também uma voz quase impercetível na minha mente que me impede de parar. A minha carreira acabou, e este ano era um bónus e 2021, se tudo funcionasse, seria extraordinário», reconheceu o extremo de 36 anos em entrevista à Sky Sports.

 

Robben já não joga este ano e poderá mesmo pendurar as botas, desta vez em definitivo, no próximo ano e no clube em que se formou. O antigo jogador de Chelsea, Real Madrid e Bayern Munique, deixará saudades. Aquele movimento de seguir pela direita e virar para dentro para rematar em arco será sempre a sua imagem de marca.

Ler Mais
Comentários (5)

Últimas Notícias