Deco exige 1,3 milhões de euros aos vimaranenses

Vitória de Guimarães 26-11-2020 09:11
Por Redação

A D20 Sports, empresa de agenciamento de Deco, deu entrada, no Juízo de Execução de Guimarães, com um pedido de execução destinada a receber 1,113 milhões de euros. Trata-se de um processo de penhora de bens que, segundo o jornal Mais Guimarães, estará relacionado com a proposta de aquisição de ações de Mário Ferreira por parte da empresa Leader Constellation, alegadamente controlada por pessoas próximas do antigo internacional português.

Tapsoba e Raphinha são alguns dos jogadores que passaram no Vitória e que são representados por Deco. A proposta de aquisição foi feita por aquela empresa no consulado de Júlio Mendes na presidência do Vitória.
 

Ler Mais
Comentários (68)

Últimas Notícias