«Falta um ponto e todos os pontos são difíceis na Champions»

FC Porto 25-11-2020 22:38
Por Redação

Sérgio Conceição manteve o discurso cauteloso após o triunfo sobre o Marselha (2-0) que deixou o FC Porto a um ponto apenas da qualificação para os oitavos de final da Liga dos Campeões.

 

«Foi um jogo difícil frente a uma equipa que, se vencer os dois jogos que tem em atraso, fica em primeiro lugar no campeonato francês, que é uma Liga bastante competitiva.  Entrámos bem na partida, sentimos que o Marselha queria muito os três pontos para manter a esperança na qualificação. Estiveram um pouco mais agressivos e intensos. Nos primeiros 20 minutos, enquanto não mudei uma ou outra peça, sentimos dificuldades. Ajustámos e o golo surgiu. A segunda parte foi nossa, praticamente. Depois da expulsão [Balerdi 70’], conseguimos o 2-0 num lançamento de linha lateral para aproveitar uma distração, situação que foi falada na palestra. Foi um resultado merecido pelos jogadores que foram verdadeiros campeões. Falta um ponto e todos os pontos são difíceis na Champions. Estamos a trabalhar para conseguir o que toda a gente quer, que é a passagem aos oitavos de final», disse em declarações à TVI.

 

O técnico português recusou também a ideia de que a equipa soube gerir a vantagem até ao apito final: «Não gosto da palavra gestão. Quem tenta gerir quando está a ganhar acaba por cometer alguns erros, baixar intensidade e acaba por sofrer. Já tivemos dissabores por causa disso. Gosto de ver a equipa a ganhar e com os olhos postos na baliza do adversário, muito coesa em termos defensivos para poder dessa forma gerir o jogo, com intensidade alta para conseguir fazer mais um golo e não para tentar não sofrer. O segredo está aí. Os jogadores sabem o que eu quero e interpretaram na perfeição essa gestão durante o jogo.»

Ler Mais
Comentários (39)

Últimas Notícias

Mundos