Santos responde à ideia de que todos vão passar para Ronaldo marcar

Seleção 16-11-2020 16:27
Por Redação

Fernando Santos recusou que a equipa jogue para Cristiano Ronaldo ou tenha essa tentação, numa altura em que o capitão está a sete golos de igual o recorde do iraniano Ali Daei, que tem 109 golos marcados na seleção.  

 

«Não, seguramente não, ninguém vai estar a pensar no Cristiano, em não marcar para dar ao outro, até o Cristiano não gostaria que isso acontecesse. Já há muitos anos que vejo isso acontecer pelas Bolas de Prata ou Ouro, quase nem se dá por isso porque está em disputa um prémio, mas aqui isso não é possível, ele vai marcar quando tiver que marcar, eles não vão ter esse pensamento», garantiu o selecionador.

 

Apesar de a partida com a Croácia ser apenas para cumprir calendário, estando o grupo da Liga das Nações decidido, Fernando Santos acedeu a algumas alterações, mas talvez sem aquelas feitas com Andorra.

 

«Se tivéssemos ganho este jogo a França, o da Croácia seria diferente, para aproveitar para ver outras coisas. Haverá alterações, mas por causa dos jogos que os jogadores têm nas pernas. O Raphael não pode estar, mas vamos manter uma equipa forte e coesa para ganhar o jogo», disse, reforçando, depois da pergunta de um jornalista croata, que não há um onze e os outros.

 

«Não tenho aqui 11 bons e outros para compor um ramalhete, tenho 23 jogadores em quem confio», afiançou.

 

Ler Mais
Comentários (28)

Últimas Notícias