Aboubakar volta a marcar aos Mambas

Moçambique 16-11-2020 18:59
Por Álvaro da Costa, Maputo

A seleção moçambicana voltou a perder diante dos Camarões, desta feita, por 0-2, em partida realizada esta segunda-feira no Estádio Nacional do Zimpeto, a contar para a quarta jornada do grupo F de qualificação para o CAN-2021. Sublinhe-se que os Mambas tinham perdido na última quinta feira em  Douala, Camarões, por 4-1. 
 

Com muitas baixas de última hora, causadas pela pandemia da covid-19, que afetou 6 jogadores, Luís Gonçalves foi obrigado a fazer mexidas promovendo a entrada para o onze de jogadores sem ritmo, casos dos defesas centrais Jeitoso (Ferroviário de Maputo) e Salomão (Costa do Sol) e ainda do médio Nené (também do Costa do Sol).
 

A avaliar pelas contrariedades mencionadas, que deixaram unidades importantes de fora, como por exemplo, Zainadine, Witi, Reinildo e Clésio, pode considerar-se que a equipa moçambicana não esteve mal em jogo. Apesar de logo aos 2 minutos, Aboubakar ter tido uma oportunidade soberana para marcar, os Mambas souberam controlar, em grande parte, o jogo a meio-campo, com destaque para o trinco do Baroka FC da África do Sul, Kambala. Nas saídas para o ataque explorava a velocidade de Luís Miquissone pelo flanco direito. Foi numa jogada rápida que o extremo do Simba da Tanzânia ganhou uma penalidade, após ter sido derrubado por Gerome. Na marcação, Reginaldo, avançado do Kaisar do Cazaquistão, atirou ao poste. Estavam jogados 21 minutos e a seleção moçambicana desperdiçava uma excelente ocasião para se colocar em vantagem. Não marcaram os Mambas, fizeram-no os Leões Indomáveis, três minutos depois, por intermédio do ex-FC Porto Aboubakar, ele que tinha feito dois golos há cinco dias em Douala, no triunfo por 4-1.
 

No segundo tempo, Moçambique esteve melhor, mas foi ineficaz, tendo desperdiçado três oportunidades de golo por Ratifo, Luís Miquissone e Dominguez. A perdida de Ratifo, jogador do CFR Pzorheim da quarta divisão da Alemanha, foi a mais notável, visto que não tinha ninguém pela frente e mesmo assim foi incapaz de marcar, numa altura em que Camarões, orientado pelo português António Conceição, já tinha marcado o segundo golo 2-0, por Ouambe (67'). 
 

Com esta derrota, Moçambique fica em risco de perder o segundo lugar do grupo e consequentemente sair da zona de apuramento, caso Cabo Verde vença na terça-feira o Ruanda.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias