«Nunca quis tanto na minha vida esmurrar alguém»

Inglaterra 12-11-2020 10:53
Por Redação

O antigo avançado Peter Crouch revelou que nunca na sua carreira quis tanto agredir um jogador como aconteceu frente ao Real Madrid, em 2011, para a Liga dos Campeões.

 

Crouch foi expulso em 15 minutos, após ter recebido dois cartões amarelos e o Tottenham foi goleado por 4-0.

 

«Tenho algumas desculpas nos cartões que recebi. No primeiro até posso aceitar a decisão do árbitro, após a entrada sobre Sergio Ramos. Agora, no segundo fui bloquear a bola na linha e Marcelo “mergulhou” e não lhe toquei. Ele saltou no ar, “mergulhou” e rolou pelo relvado… existe até uma câmara que mostra ele a olhar para o árbitro e a celebrar quando recebi o vermelho. Imediatamente a seguir estava de pé. Nunca quis tanto na minha vida esmurrar alguém. Para eles foi como se fosse uma vitória. Eles venceram e eu fui manipulado. Fui ingénuo e apanharam-me», afirmou Crouch, em declarações à Imprensa inglesa.

Ler Mais
Comentários (10)

Últimas Notícias