Djokovic explica ‘desastre’ em Viena

Ténis 30-10-2020 19:06
Por Redação

2-6 e 1-6. Foi este o desfecho do encontro que ditou a inesperada e surpreendente eliminação de Novak Djokovic, às mãos do ‘lucky loser’ italiano Lorenzo Sonego, nos quartos de final do ATP 500 de Viena.

 

No final do encontro, o sérvio de 33 anos confirmou a sensação que transparecera durante os 68 minutos em que esteve em court: faltou motivação. E explicou porquê.

 

«Ter atingido o objetivo de chegar ao número um do mundo no final de 2020 afetou-me para este encontro. Fiz neste torneio aquilo a que me propus: assegurar o número um», justificou.

 

«Saio daqui satisfeito e bem com esta derrota. Estou saudável e confiante de que vou terminar bem o ano em Londres», afiançou Djokovic, que poderá vir a ser sancionado pelo ATP Tour, caso seja acusado de falta de empenho em court.

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias