Ricardo Horta: o rei dos golos na Europa

SC Braga 28-10-2020 10:13
Por Redação

De novo a Liga Europa a convocar mais uma jornada de glória do SC Braga. Após brilhante entrada em cena na fase de grupos, com um triunfo especialmente robusto frente ao AEK (3-0), segue-se amanhã, na Ucrânia, o reencontro com um Zorya de má memória para o universo arsenalista: em 2018/2019, os ucranianos superaram os guerreiros na 3.ª pré-eliminatória da Liga Europa.


Para lá da soberana oportunidade de acerto de contas, há um outro desafio à medida da ambição de um jogador como Ricardo Horta, que pode, nesta jornada, isolar-se na tabela de maiores goleadores do SC Braga na Europa. Isto, depois de ter igualado, com o remate certeiro disparado frente ao AEK, a marca dos 11 golos que constituía recorde absoluto no clube minhoto e estava na posse do icónico Alan.


De 26 anos e contrato válido até 30 de junho de 2024, o internacional A português necessitou somente de 26 desafios para ultrapassar a dezena de golos nas competições da UEFA. Mais preciso ainda: todas essas partidas foram protagonizados numa só prova - Liga Europa -, entre a campanha 2016/2017 e a atual, que coincide com a entrada de Ricardo Horta no quinto ano de ligação ao SC Braga.

 

Alan, por exemplo, precisou de 63 jogos (18 na Champions e 45 na Liga Europa) para atingir os 11 golos em representação do emblema minhoto.
Como o brasileiro, também o atacante português não é um puro homem de área, o que só enfatiza e valoriza o desempenho de Ricardo Horta, sublimado por um instinto goleador notável. A altíssima fiabilidade e a competitividade superlativa reveladas por Ricardo Horta não só o transformam num intocável nas apostas de Carvalhal, como explicam a forte resistência revelada por António Salvador, líder do clube, na última janela de transferências, às propostas de vários milhões de euros acenadas por clubes alemães.
 

Ler Mais
Comentários (5)

Últimas Notícias