Grimaldo pode respirar de alívio

Benfica 28-10-2020 11:14
Por Nuno Reis

Dentro do azar, aparentemente alguma sorte e a ideia de que Grimaldo se livrou de mais uma longa paragem, depois do enorme susto sofrido anteontem, à entrada para os últimos 20 minutos do encontro com o Belenenses SAD.

 O jogador espanhol terá sofrido uma entorse do tornozelo esquerdo, lesão preocupante e que pode impedi-lo de competir até à paragem da primeira quinzena de novembro para dar lugar aos compromisso das seleções, mas o pior cenário está afastado, dado que chegou a temer-se uma fratura e uma recuperação mais delicada, até mesmo pela forma como o futebolista reagiu no relvado e abandonou a partida.
 

Grimaldo já revela até melhoras, o tornozelo estava diferente, pela positiva, sinais que os clínicos da Luz esperam ver confirmados hoje quando tiverem em mãos a totalidade dos exames realizados, de maneira então a determinar com exatidão a gravidade do problema e a melhor forma de iniciar a recuperação, que deverá levar sempre algumas semanas e, naturalmente, obrigará a perder partidas importantes.
 

Informações recolhidas apontam para uma entorse do tornozelo esquerdo e para paragem de algumas semanas. Quererá isso dizer que o lateral-esquerdo espanhol de 25 anos do Benfica terá de falhar partidas de elevado grau de dificuldade, que estão inseridas neste ciclo exigente e apertado de encontros entre paragens para compromissos das seleções.
 

Até 8 de novembro, altura do último jogo (SC Braga, na Luz) antes da interrupção (duas semanas sem competições de clubes), Grimaldo falha dois encontros de Liga Europa, Standard Liège e Rangers, e dois de campeonato, Boavista fora e a tal receção aos bracarenses. O primeiro jogo após a paragem, 22 novembro, é para a Taça de Portugal, em Paredes, ótima oportunidade para aquecer motores.

 

Leia mais na edição digital ou na edição impressa de A BOLA.

Ler Mais
Comentários (21)

Últimas Notícias