Gaspar Ramos: «Rui Costa é utilizado por Vieira»

Benfica 25-10-2020 09:40
Por Paulo Alves

Na reta final para a semana das eleições para os órgãos sociais do Benfica, Gaspar Ramos, antigo diretor e vice-presidente do Benfica, já sabe em quem irá votar. Já tinha anunciado «a decisão de não apoiar Luís Filipe Vieira», opção que «não foi tomada de ânimo leve» e agora oficializa o apoio à lista de João Noronha Lopes: «Estou convencido de que pode ser o presidente do Benfica no futuro, porque o Benfica precisa de passar da obra que Luís Filipe Vieira fez para um projeto para ganhar desportivamente.»


Nos últimos anos, Gaspar Ramos, porém, teve relação próxima com Luís Filipe Vieira.


«Falávamos com frequência. Não diria que era um conselheiro dele, emitia as minhas opiniões sobre diversos assuntos, embora grande parte daquilo que lhe dizia não fosse tomado em consideração. Esses contactos permitiram-me perceber a falta de estrutura adequada aos objetivos de um clube com a grandeza do Benfica, que é ter a hegemonia em Portugal e estar ao mais alto nível na Europa; ausência de projetos; as decisões avulsas; a falta de planeamento. Sempre lhe manifestei discordância sobre o modelo de gestão praticado. A acrescentar a tudo isto surge a contratação de Jorge Jesus. Pela forma como saiu para o Sporting, o seu regresso foi grande indignidade para com o Benfica que me chocou bastante», sublinhou antes de apresentar as razões que o levam a acreditar em Noronha Lopes.


«Ligou-me a dizer que gostaria de ter o meu apoio. Mandou-me o programa, li com atenção, falei com ele, conheci-o melhor e constatei as capacidades dele para poder ser presidente do Benfica. É um gestor de renome internacional e conhece o Benfica tão bem ou melhor do que eu, ao pormenor nas várias vertentes», elogiou Gaspar Ramos, sublinhando algumas linhas do projeto da Lista B: «Contempla estrutura forte, que tem de ser encabeçada por um diretor desportivo forte, competente, com prestígio, alguém que saiba muito de futebol e de preferência com conhecimentos no plano internacional, dada a internacionalização que o Benfica tem de fazer. Ele, juntamente com o presidente, propõe as grandes decisões.»

 

Atributos que Gaspar Ramos não revê em Rui Costa, atual diretor desportivo: «Não ia falar em nomes, mas Rui Costa está a trabalhar com Vieira e é utilizado de acordo com as conveniências dele [Luís Filipe Vieira].»




 

Ler Mais
Comentários (166)

Últimas Notícias