Vieira alerta: «Benfica não pode regressar à anarquia»

Benfica 18-10-2020 08:47
Por Redação

Luís Filipe Vieira defende que o Benfica «não pode regressar à anarquia» que «quase condenou» o clube «ao desaparecimento» e apresenta-se, num artigo escrito no Expresso, como o candidato à presidência com capacidade de «dar continuidade ao trabalho de 20 anos».

 

O líder das águias, que anteontem disse que Rui Costa seria o futuro do Benfica, quis «afastar a ideia» de que indicará sucessor. Mas não vê nas candidaturas de João Noronha Lopes, Rui Gomes da Silva ou Bruno Costa Carvalho «lideranças fortes que garantam a defesa do Benfica ou a inovação com base na qual o clube cresceu e se consolidou nas últimas duas décadas». «Não podemos dar o salto no desconhecido», disparou, para alertar: «As novas expectativas não podem assentar em bases populistas ou demagógicas.»

 

Vieira justifica a ausência de debates com os outros candidatos com o que se passou entre Donald Trump e Joe Biden: «Os debates passaram a ser apenas, como se viu no último entre os candidatos às eleições americanas, momentos de alvoroço mediático que nada acrescentam, mas que podem acentuar ruturas que quero a todo o custo evitar. Nunca me recusei a debater, mas percebi que a razão dos pedidos não era esclarecer, mas provocar.»

Ler Mais
Comentários (93)

Últimas Notícias