Villas Boas reencontra o FC Porto, num grupo com vários portugueses

Liga dos Campeões 01-10-2020 17:42
Por Redação

Esta quinta-feira foi conhecido o sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões. O FC Porto, única equipa portuguesa na prova milionária, ficou no Grupo C, onde vai encontrar várias caras conhecidas.

 

Começando pelo Marselha, André Villas Boas reencontra o FC Porto, nove anos depois de ter liderado os dragões à conquista de um campeonato, uma Taça de Portugal, uma Supertaça e uma Liga Europa em 2011. No que toca ao historial, o treinador de 42 anos defrontou os azuis-e-brancos em apenas quatro ocasiões, todas ao serviço da Académica, somando três derrotas e um empate.

 

No que toca ao confronto direto entre os dois emblemas, o FC Porto defrontou o Marselha por quatro vezes, conquistando três vitórias e um empate. O último encontro aconteceu em 2007, (2-1, no Grupo A da Liga dos Campeões.

 

No Olympiakos, orientado por Pedro Martins, há também um ex-FC Porto que regressa ao Dragão. O guarda-redes José Sá, 27 anos, vestiu de azul-e-branco entre 2015 e 2018, acabando por se mudar para a Grécia, titular da baliza de um conjunto helénico com mais dois portugueses (Rúben Semedo e Cafu).

 

Em termos de confronto direto, a sorte sorri ao conjunto helénico. O Olympiakos venceu três dos seis encontros realizados (duas vitórias para os dragões), sendo que a última vez que se encontraram na Liga dos Campeões, o FC Porto venceu em casa (2-0) e os gregos triunfaram no Pireu (0-1).

 

No Manchester City existem três portugueses (Rúben Dias, Bernardo Silva e João Cancelo) que já defrontaram o FC Porto enquanto atletas do Benfica. Indo ao confronto direto, dragões e citizens só se defrontaram numa ocasião (16 avos de final da Liga Europa 2012) com os ingleses a somarem dois triunfos (1-2 e 0-4).

Ler Mais
Comentários (76)

Últimas Notícias