Tiago Monteiro ganha 24 Horas de Nürburgring

Automobilismo 28-09-2020 21:07
Por José Caetano

 Tiago Monteiro ganhou a 48.ª edição das 24 Horas de Nürburgring, na categoria TCR, repetindo o sucesso do ano passado. O piloto português partilhou a condução do Honda Civic Type R #170 com o argentino Esteban Guerrieri, adversário na Taça do Mundo de Turismos (WTCR), e os alemães Dominik Fugel e Marcus Oestreich. A equipa Autohaus M. Fugel resistiu às condições difíceis em que decorreu a maratona no circuito com mais de 25 km de perímetro (incluiu o famoso Nordschleife), terminando a prova na 22.ª posição à geral.

 

“Adorei a corrida. Foram lutas constantes e a equipa trabalhou muitíssimo bem. Não tivemos quaisquer problemas e impusemos um ritmo alucinante para conseguirmos a vitória. Duas participações, dois triunfos, não posso querer mais”, exclamou Monteiro, que participou nas 24 Horas depois das duas corridas do WTCR no circuito alemão.

 

A corrida no Nürburgring-Nordschleife esteve interrompida durante 9.53 horas, à noite, devido à chuva forte e ao nevoeiro. A bandeira vermelha foi exibida após 7.04 horas. No regresso à ação, apenas 7.11 horas para o final das 24 horas. À geral, vitória do M6 GT3 da Rowe Racing, com Alexander Sims, Nick Catsburg e Nick Yelloly, que cumpriu apenas 85 voltas, menos 74 do que o recorde de 159 do Audi R8 LMS ultra da Phoenix Racing que venceu a edição de 2014.

 

Habitualmente, as 24 Horas de Nürburgring criadas em 1970 contam com 200 carros na grelha de partida e mais de 700 participantes, mas a pandemia da COVID-19 penalizou a edição de 2020, desde longo por obrigar ao cancelamento da data original (22 e 23 de maio). A BMW é a marca com mais vitórias (20), mas não ganhava a corrida desde 2010. Então, conseguiu-o com o M3 GT2 da Schnitzer Motorsport tripulado por Jörg Müller, Uwe Alzen, Augusto Farfus e Pedro Lamy. O português, com Timo Bernhard e Marcel Tiemann, é o recordista de triunfos da maratona (5).

 

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias