Conceição repete: «O mercado fica à porta, além do cão que também temos ali…»

FC Porto 25-09-2020 12:55
Por Redação

Sérgio Conceição fez esta sexta-feira a antevisão para a partida com o Boavista (sábado, 21 horas), mas, como sempre evitou falar no mercado, até das mexidas já realizadas, com ênfase para renovação da frente de ataque.

 

Saíram Fábio Silva e Soares, entrarem Taremi, Evanilson, para além de outros negócios ainda aberto, como a saída de Aboubakar ou a entrada de Toni Martinez.

 

«Do mercado já sabem, é sempre aquela frase e que vou repetir: fica à porta, além do cão que também temos ali… não vou entrar por aí. É mais importante falar do Boavista e tentar desmontar a equipa. Numa antevisão de um derby histórico não vou estar a falar de mercado.

 

Mas o que quis mudar? «Cada caso é um caso, explicar saídas e entradas é falar do que não quero, o mercado. Olhem os jogos, por vezes variamos dinâmica e não a forma de jogar, para que possa dizer que em termos ofensivos a equipa está preparada para fazer golos. Último jogo foi Marega na frente com um jogador que fosse referência, mas também Corona no espaço central ou Marega na direita. Depende também do jogo, às vezes também temos cinco ou seis na frente», referiu.

 

O treinador foi questionado mais uma vez sobre como deixar «o mercado à porta»: «Estamos atentos ao que se passa, ao que anda à volta do clube, dos jogadores. O mais difícil não é treinar, é gerir o balneário, mas para isso é que me pagam, para incutir a cada dia que pensem que o mais importante é este dia e melhorarmos todos. Não é fácil, há redes sociais, há pessoas que gravitam na vida dos atletas, não se consegue ser eficaz a 100 por cento.»

Ler Mais
Comentários (25)

Últimas Notícias