«Não se pode mudar as regras a meio do jogo. O País e o futebol não podem parar»

Liga 12-09-2020 14:56
Por Redação

A diretora-executiva da Liga Sónia Carneiro falou sobre o adiamento de dois jogos na Liga Pro (o Feirense-Chaves e o Académico Viseu-Académica), mostrando preocupação sobre alegada mudança no plano definido com a Direção Geral de Saúde para a retoma do futebol.

«A regra que estava definida era que, independentemente de haver casos positivos, esses seriam isolados e todos os demais continuavam a sua atividade e ontem fomos surpreendidos com uma decisão distinta, considerando que os jogadores do Chaves deveriam ir para quarentena», começou por dizer Sónia Carneiro, em declarações à SIC Notícias.

«Já na época passada tivemos situações em que foram detetados casos positivos, foram para isolamento e o resto da equipa continuou a sua atividade normal. Queremos que aconteça o mesmo na presente época», prosseguiu, revelando que será este o pedido que será endereçado ao Secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, em reunião marcada para segunda-feira.

«O País não pode parar e o futebol profissional não pode parar. Não se pode mudar regras a meio do jogo. Todos os diretores regionais de saúde devem estar conscientes do Plano de Retoma do futebol profissional», vincou.
 

Ler Mais
Comentários (20)

Últimas Notícias