«Tenho tudo para ser feliz em Guimarães»

Vitória de Guimarães 14-08-2020 09:10
Por Miguel Mendes

Lyle Foster, avançado sul-africano de apenas 19 anos, é a mais recente arma para o ataque de Tiago Mendes. Tal como A BOLA havia adiantado, o atacante deixou o Mónaco (França), assinou um vínculo de cinco temporadas e custou aos cofres vimaranenses € 1,2 milhões de euros, estando ainda contemplados objetivos que podem ascender até €300 mil euros.

 

Chega a Guimarães com o rótulo de promessa - integrou a restrita lista de nomeados para a edição 2020 do prestigiado troféu Golden Boy, que distingue os melhores sub-21 da Europa - e com grande ambição para a nova etapa, após uma época onde se estreou pela equipa principal dos monegascos, além de ter cumprido a segunda metade da temporada na Bélgica, por empréstimo ao Cercle Brugge (19 jogos/1 golo).

 

«Esperava encontrar um clube grande, que os adeptos vivem com grande entusiasmo e que por isso joga sempre para ganhar. As primeiras impressões coincidem, gostei muito do clube e da cidade, acho que está tudo reunido para que  possa ser feliz em Guimarães», começou por dizer o avançado, já com o foco apontando para o início dos trabalhos em Guimarães:

 

«Estou ansioso por começar, confesso, porque é no campo que vou demonstrar. Sinto-me preparado, estou há quase dois anos na Europa, perfeitamente adaptado a este futebol. Joguei na Ligue 1, tive a oportunidade de somar muitos jogos no campeonato belga, resta-me provar que estou preparado, ajudando a equipa.»

 

Foster, a terminar, deixou a promessa de golos: «Sou avançado, sei que tenho de marcar. Considero-me um jogador muito móvel na frente, de estar ligado com a equipa. É isso que podem esperar de mim. Como digo, fiquei muito contente com as primeiras sensações.»
 

Ler Mais
Comentários (56)

Últimas Notícias

Mundos