«Quando ouvi que Bale não queria jogar fiquei louco»

Real Madrid 12-08-2020 20:49
Por Redação

Dimitar Berbatov, antiga figura do Manchester United e do Tottenham que sempre defendeu Gareth Bale, admite estar agora sem palavras quanto à situação do internacional galês, que terá rejeitado jogar frente ao Manchester City.

 

«Não sei o que dizer porque não entendo nada deste caso. Quando ouvi que Bale não queria jogar, fiquei louco, para ser sincero, mas o que me deixou ainda mais louco foi o facto de Zidane o ter dito em conferência de imprensa. Deixou-me confuso… A única coisa certa é que algo não funciona bem ali e não sei se alguma vez saberemos a verdade de tudo isto», considerou, em entrevista ao jornal espanhol AS.

 

Berbatov acrescentou que quando Bale «está em forma é uma delícia para os adeptos». «Por isso, parece-me horrível que não jogue. Mas um jogador dizer que não quer jogar... deixa-me louco. Pessoas como eu, como qualquer adepto, queremos é vê-lo em campo. É um jogador demasiado talentoso para estar no banco», salientou.

Ler Mais
Comentários (19)

Últimas Notícias

Mundos