Ministro da Saúde considera inadequado o regresso de adeptos aos estádios

Alemanha 10-08-2020 20:06
Por Redação

O ministro da saúde alemão, Jens Spahn, considerou, esta segunda-feira, que um eventual regresso de adeptos aos estádios na próxima temporada da Bundesliga não seria «adequado», tendo em conta a evolução da pandemia de Covid-19 no país.

 

«Permitir milhares de espetadores nos estádios não seria uma medida adequada à atual situação da pandemia. Temos de estar alerta e, na situação atual, a presença de adeptos nas bancadas seria um sinal errado», argumentou Spahn, através de uma publicação na sua conta do Twitter.

 

A Liga Alemã de Futebol (DFL) criou um plano para o possível regresso de adeptos aos estádios, no qual estão definidos, entre outros aspetos, a lotação máxima de pessoas, proibição da venda de álcool e a redução dos bilhetes para os adeptos das equipas visitantes.

 

Contudo, o diretor administrativo da DFL, Christian Seifert, lembrou que se trata apenas de um plano que define as várias medidas a tomar caso seja possível o regresso de adeptos aos estádios. Seifert sublinhou que essa decisão «está nas mãos das autoridades de saúde».

Ler Mais
Comentários (3)

Últimas Notícias

Mundos