Adrien não descarta reencontro com Jorge Jesus… no Benfica

Futebol 08-08-2020 15:42
Por Entrevista de Irene Palma

A um ano de terminar contrato com o Leicester, Adrien Silva, antigo capitão do Sporting, não descarta regressar a Portugal para jogar no FC Porto ou no Benfica, de novo orientado por Jorge Jesus com quem trabalhou em Alvalade. 


- Tenho a informação de que esteve prestes a ir para o Flamengo se Jorge Jesus não tivesse saído para o Benfica. 

 

- É verdade e encarei essa possibilidade com bons olhos, pois Jorge Jesus é um treinador com quem adorei trabalhar. Temos a mesma forma competitiva de ver o futebol, a todos os treinos e a todos os jogos. Via essa possibilidade com bons olhos. Tínhamos uma relação muito boa, conhecemo-nos muito bem, sabemos o que podemos dar um ao outro.

 

- Quando percebe que Jorge Jesus vai para o Benfica ficou triste por essa possibilidade ficar inviabilizada? 

 

- Triste não. Eu estava recetivo a ir para o Flamengo, pois era uma boa oportunidade num grande clube que lutava por títulos e com um treinador supercompetitivo. É disso que sinto falta. Nos últimos anos o que sinto mais falta é lutar por títulos. 

 

- A hipótese Flamengo já não existe. As portas de Alvalade estão fechadas e tem mais um ano de contrato com o Leicester. Que objetivo tem agora?

 

- Apareceram agora noticias da Rússia (interesse do Spartak Moscovo), mas sinto-me em forma como nunca estive. Nunca me senti tão bem física e psicologicamente. Acho que me tornei melhor jogador do que era, a todos os níveis. Posso competir ainda ao mais alto nível e o que quero é que isso passe por Portugal. E sinto-me em plena forma física para fazê-lo. 

 

- Mas já me disse que o Sporting não o quer. Está mentalmente preparado para jogar no Benfica ou no FC Porto?

 

- As pessoas esquecem-se de que somos profissionais, temos família e o que quero é um desafio cativante para lutar por títulos. Veremos o que é que o futuro me reserva. Quero lutar por títulos e os grandes são os mais prováveis para o conseguir. Estou mais do que preparado mentalmente. Estou ainda melhor do que estava antes e estou preparado para esses desafios. 

 

- Via então com bons olhos voltar a trabalhar com Jorge Jesus agora no Benfica? 

 

- Nós sabemos que com o Jorge Jesus é para lutar por títulos e vejo isso sempre com bons olhos. 

 

- Tem mais um ano de contrato com o Leicester. O clube já lhe manifestou disponibilidade para que possa sair a custo zero? 

 

- Mantenho ótima relação com o clube e se passar por aí há abertura do clube. Se não aparecer nenhuma dessas oportunidades tenho de regressar ao Leicester dia 15 deste mês.  Quero sentir-me útil a jogar para ganhar títulos. Sinto falta disso e quero voltar à Seleção Nacional. O facto do Campeonato da Europa ter sido adiado para 2021 pode ser um sinal. Joguei 25 jogos esta época e podia ser chamado, mas com mais uma época posso confirmar a minha presença. Se jogar em Portugal terei mais visibilidade para a Seleção.

 

Leia a entrevista completa na edição impressa ou digital de A BOLA.
 

Ler Mais
Comentários (34)

Últimas Notícias

Mundos