Soares com porta aberta por €15 milhões

FC Porto 08-08-2020 13:17
Por Pascoal Sousa

O Torino, de Itália, é um dos muitos emblemas interessados em Tiquinho Soares, o melhor marcador do FC Porto na campanha que culminou com as conquistas do campeonato e da Taça de Portugal. Os 19 golos do brasileiro, e o facto de estar a apenas a um ano de terminar contrato, aguçam também o apetite de clubes do Médio Oriente.

 

No caso do Torino, 16.º classificado da última Série A, o treinador Marco Gianpaolo entende que Soares tem o perfil certo para se impor no ataque da equipa. Por agora, o que existe em concreto é um mero interesse que, eventualmente, poderá traduzir-se mais para a frente numa proposta oficial.

 

Aos 29 anos, Soares tem legítimas aspirações de fazer um grande contrato, sendo que o processo de renovação do contrato com o FC Porto não conheceu qualquer avanço. Em janeiro a venda do goleador estava naturalmente vetada porque os dragões precisavam de manter-se fortes nas competições em que estavam inseridos. Do que resultou dessas sondagens no mercado de inverno é que por menos de 20 milhões de euros não havia sequer conversa.


O quadro, entretanto, mudou. Não só porque em janeiro do próximo ano Soares será agente livre e poderá, a partir daí, fazer a gestão das ofertas que lhe chegarem, mas porque a pandemia provocou uma mudança de paradigma no circuito das transferências.

 

Não estando, por agora, nas cogitações dos chamados tubarões da Europa (a Roma chegou a considerar o seu nome, mas desistiu) o valor de Soares regula-se pelo interesse de clubes com a dimensão económica do Torino - reforce-se que o histórico emblema de Turim não fez qualquer proposta.


Assim sendo, a SAD portista já concluiu que dificilmente o ponta de lança poderá render mais que 15 milhões de euros. Se uma proposta dessa dimensão chegar ao FC Porto será alvo de especial atenção. O que os dragões não querem é ter de descer o preço e sujeitarem-se a receber em tranches intermináveis.


A urgência de dinheiro fresco para equilibrar as contas impõe ao FC Porto a necessidade de vender ativos e Soares é um deles. Para a saída do brasileiro os azuis e brancos têm Taremi e Toni Martínez na linha de sucessão. Além do mais, a prioridade do FC Porto é segurar Marega e renovar com o maliano.  Outro caso complicado... 
 

Ler Mais
Comentários (64)

Últimas Notícias

Mundos