«Vim para ganhar, mas também para unir os benfiquistas»

Benfica 03-08-2020 17:19
Por Redação

Discurso de Jorge Jesus durante a apresentação oficial como treinador do Benfica.

 

«Quero agradecer ao presidente por voltar a acreditar no meu trabalho, na minha competência e da minha equipa técnica. Acredito a 100 por cento no projeto do presidente e no projeto para a equipa. A todos os benfiquistas quero expressar o seguinte: vim para ganhar, estou habituado a ganhar, mas também vim para unir a nação benfiquista. É importante que todos percebam o que está escrito (no símbolo) por cima da águia: um somos todos (E pluribus unum). Vim, tal como na primeira vez, com a mesma vontade de ganhar, com a convicção de que venho para um clube que pode proporcionar a um treinador esses objetivos. É isso que estou determinado a fazer, voltar a ganhar coisas importantes.»

 

«Não vim para me reformar. O presidente ofereceu-me quatro anos de contrato. Eu disse ‘não, quero apenas um’. Ele disse: ‘dois anos, pelo menos’. E assim ficou. Não vim para melhorar o meu ordenado, vim ganhar menos do que ganhava no Flamengo. Vim porque acredito no projeto que tem todas as condições para fazer do Benfica grande, para recuperar o prestígio internacional que teve durante muitos anos, para voltarmos a ganhar todos os troféus que conquistámos. Vim com essa convicção e certeza – não serei o salvador, o salvador seremos todos os benfiquistas.» 

 

«Perdoem-me falar disto, mas venho de um grande clube [Flamengo], que se uniu à volta do seu treinador e da equipa e, por isso, ganhámos grandes títulos internacionais. Ao Flamengo agradeço do fundo coração pela forma como me trataram, a amizade e amor que mostraram por mim. É um clube com 50 milhões de adeptos. Para vir para o Benfica era preciso uma causa muito grande, e vim. Estou cá para voltar a ganhar. Com este presidente e com os benfiquistas todos unidos. Esse é o meu propósito para voltar ao Benfica.»

 

Ler Mais
Comentários (216)

Últimas Notícias

Mundos