SAD avança com PER

Aves 28-07-2020 07:32
Por Pedro Barros

O clube e a SAD do Aves vivem uma corrida contra o tempo… Despromovido à Liga 2, o emblema de Santo Tirso tinha até ontem para apresentar os pressupostos de inscrição nos campeonatos profissionais, intenção que corria o risco de falhar perante os problemas de natureza financeira, pois os incumprimentos não abrangiam apenas profissionais do plantel.


Para isso, os responsáveis daquelas duas instituições atacaram o problema em várias frentes. Na última sexta-feira, a Administração da SAD deu entrada no Tribunal de Santo Tirso, com o título de urgente, de um requerimento para acionar um Plano Especial de Revitalização (PER), procedimento que se destina a empresas com graves dificuldades financeiras ou em situação iminente de insolvência, mas que ainda possam ser suscetíveis de recuperação. De certa forma, o PER permitirá blindar a sociedade dos credores, entre os quais a Segurança Social e o Fisco.


No documento entregue em tribunal, a SAD do Aves apresentou 32 entidades com créditos, entre os quais a Segurança Social e o Fisco - além da Galaxy Believers, empresa que detém a maior parte do capital social do emblema… -, mas este número poderá subir, pois, caso o PER seja deferido - e já estará nomeado o administrador judicial António Dias Seabra, com experiência em casos semelhantes, como os do Beira-Mar e do Boavista -, será emitido um edital para se manifestarem outros eventuais credores. A tarefa do administrador judicial será reunir a totalidade dos débitos e estabelecer um programa de gestão que permita ultrapassar a crise, desenhando um plano de pagamento faseado das dívidas.


Nesta intervenção do administrador judicial, a SAD do Aves poderá requerer certidões de não dívida à Segurança Social e ao Fisco, pressupostos obrigatórios para inscrever a equipa na Liga 2. Como este processo é iminentemente burocrático, os prazos definidos pela Liga Portugal poderão ser ultrapassados. Foi para sensibilizar os executivos da entidade que gere o futebol profissional deste contratempo que se deslocaram ontem à sede da Liga Portugal o presidente da SAD, Wei Zhao, e o líder do clube, António Freitas, que está a acompanhar todo este processo, havendo união de interesses destas duas partes.


A Liga Portugal irá anunciar amanhã os clubes inscritos nas competições profissionais, mas, muito provavelmente, a Comissão de Análise solicitará esclarecimentos ou pedirá mais documentos a algumas sociedades desportivas para encerrar este processo que tem em mãos todos os inícios de época. O Aves deverá ser uma deles… E caso os avenses não consigam completar os seus pressupostos será o Cova da Piedade beneficiado com o convite para integrar a Liga 2, por ter sido o melhor classificado entre os dois despromovidos ao Campeonato de Portugal.

 

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias