«Temos de ir à procura da vitória não de uma forma desesperada, mas antes com muita organização»

Portimonense 18:22
Por Nuno Saraiva Santos

Restam três jornadas, o Portimonense está a três pontos de Tondela e Vitória de Setúbal, mas Paulo Sérgio não pensa mais além do que o jogo do Boavista.

 

«Olho apenas para o Boavista, amanhã. Todo o meu foco está neste jogo e é assim que também quero que os atletas estejam. Só o Boavista tem de estar na nossa cabeça, com concentração total. Depois pensa-se no resto. Obrigatório ganhar? Pode não ser assim, mas não avalio isso, não o meço. Temos de canalizar todas as nossas energias para o jogo de amanhã», afirmou o treinador do Portimonense que não quer desespero, mas sim organização e equilíbrio:

 

«Provavelmente será um bom jogo. O Boavista está agora a jogar melhor porque tem menos pressão, é uma boa equipa com bons jogadores. O nosso caminho é aquele a que me tenho sempre referido: muito trabalho, muita concentração, sermos competentes no que são as nossas missões individuais e coletivas e ir à procura do resultado. Só a vitória nos interessa e temos de ir à procura dela. Não de uma forma desesperada, mas antes com muita organização, para que a matreirice do Boavista não surta efeito. Temos de ser uma equipa equilibrada durante todo o jogo. É essa a mensagem que os jogadores têm. Mostrarem grande entrega e manterem o que tem estado a fazer, com qualidade e acreditar que vamos ser felizes. Mas é preciso trabalhar muito para conquistar os três pontos.»

 

As derrotas com Rio Ave e Vitória de Guimarães deixaram um amargo de boca no treinador dos algarvios. A equipa não somou pontos, mas em seu entender o desfecho dos jogos não espelhou o que se passou em campo. Agora, diante das panteras, Paulo Sérgio quer ver uma equipa não tão perdulária.

 

«Quando se soma zero nunca podemos ficar satisfeitos. Mas olhando para o que foram os dois jogos acho que éramos merecedores de muito mais, os próprios adversários o reconheceram. Mas é futebol, não somámos, temos agora de estar num nível superior para conseguir o objetivo. Quer defensiva, quer ofensivamente. Temos de ser uma equipa muito equilibrada, reitero, e melhorar os nossos níveis de eficácia, porque temos tido algumas ocasiões que temos estado a desperdiçar», observou.

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (2)

Últimas Notícias

Mundos